quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Amadora - A melhor maneira de acabar o ano

8 atletas 4 ao Km mais a fotógrafa oficial da equipa, equipada a preceito e a co-fundadora Sandra. Em resumo, 10 grandes amigos!
Terminei o meu 8º ano de Atletismo na São Silvestre da Amadora, o que aconteceu pela 7ª vez, só não sendo a 8ª pois em 2008 estava inscrito mas tive que faltar por ter partido o pé.

E esta é sem dúvida a melhor maneira de acabar um ano, correr na prova nacional que tem o mais entusiasta público. É sempre um enorme prazer que não quero abdicar.

Este ano o percurso teve algumas alterações sendo a mais significativa, pela negativa, a ausência da mítica subida dos Comandos verdadeiro ex-libris desta prova. Se a intenção foi torná-la mais rápida, basta analisar os tempos dos atletas de elite para não confirmar essa intenção. Aliás, até o vencedor masculino fez o tempo mais alto dos últimos 12 anos, apesar de estarmos a comparar anos com vitórias quenianas, mas podemos comparar com ele próprio que venceu as 3 últimas edições, agora em 29.32, após 29.00 e 29.29
Se a intenção era tornar a prova mais rápida, ninguém notou, daí a cunha: Não podem fazer regressar essa mítica subida?

De resto, tudo como o habitual e onde a grande bandeira é aquele público fantástico. E pela primeira vez na sua história, esta edição quebrou a barreira do milhar de atletas, com 1.121 classificados. Sendo num dia que muitas pessoas saem, andou anos a fio entre os 600 e 700 atletas, para no ano passado subir para 936 e agora este novo máximo de 1.121

Para a nossa equipa 4 ao Km, esta foi uma prova histórica por 4 razões que podem ser vistas nestas fotografias:

A estreia do Jaime (mesmo lesionado, participou e bateu record pessoal!)

Record de participação de 8 atletas (o anterior era de 6 em S.Domingos de Benfica aquando do Nacional de Estrada)

Record absoluto dos 10 kms (o Carlos fez 40.37, seu record e o tempo mais baixo de sempre aos 10 kms por parte de alguém com a nossa camisola)

Record dos 10 kms para a Isa (que depois dará pormenores no seu cantinho)
Sobre a estreia do Jaime, que fez a prova ao lado da Carla, que dizer da sua corrida? Parado há mais dum mês por lesão, arriscou em correr e fez 51 minutos num percurso que não é meigo! Impressionante! 
Nesta altura, falta só a Marta estrear-se, o que está desde já marcado para 19 de Janeiro em Torres Vedras.

A minha corrida decorreu bastante bem. Quando chego ao final e sinto que deu o que podia, fica a agradável sensação de vitória. Marquei 55.37 o que é a minha 3ª melhor marca em 7 participações, a apenas 10 segundos da 2ª melhor. É uma prova onde tenho sido muito regular nos tempos, com excepção de 2010 onde marquei um fantástico 52.08

Senti-me sempre bem e feliz por correr neste local de incansável público.

Em termos classificativos, na corrida feminina a vencedora foi a sportinguista Carla Salomé Rocha com 33.27 e um avanço de 1.21 sobre a sua colega Catarina Ribeiro. Doroteia Peixoto do Maratona completou o pódio em 35.06.
Carla Salomé Rocha é a 17ª vencedora desta mítica prova, numa galeria encabeçada por Fernanda Ribeiro (7 triunfos, 6 dos quais consecutivos), Jelena Prokopcuka (5) e Aurora Cunha (4).

Na prova masculina, Manuel Damião do Sporting alcançou a sua terceira vitória e consecutiva, 29.32, seguido por Licínio Pimentel a 4 segundos e Hermano Ferreira a 22, ambos da novel equipa The Cleanes.
No quadro de vencedores contabilizamos 29 atletas, sendo que Manuel Damião associa-se agora a Carlos Lopes e Domingos Castro como os mais vencedores, 3 triunfos, sendo que no seu caso e no de Domingos Castro foram consecutivos.

E pronto, acabou assim um ano. Nesta altura é habitual fazer-se o seu balanço. 
Em termos de Atletismo, é difícil fazer o tal balanço porque posso dizer que, a grosso modo, fui feliz 364 dias e tive 1 dia péssimo. A relação parece óptima não fosse o tal dia que correu mal ser o dia mais importante do ano.
Passando por cima do momento mais doloroso que já passei no Atletismo, o que realço de muito positivo deste ano e dos anteriores, e isto são palavras vindas directamente do coração, são as pessoas fantásticas que tenho vindo a conhecer, criando laços de amizade inquebráveis e que me fizeram viver momentos de convívio inesquecíveis. A todos o meu grande orgulho de vos ter como amigos. E com amigos assim, sinto-me um milionário!







10 comentários:

  1. Eu ainda quer fazer a Amadora mas com a subida dos Comandos senão perde a piada!

    ResponderExcluir
  2. Bela forma de terminar o ano, um ano que apesar daquele dia foi muito bom. Que 2014 seja muito melhor ainda.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que em Fevereiro dê cabo daquela meta para em Novembro ir dar cabo da do Porto! :)

      Um abraço :)

      Excluir
  3. Aproveito e junto a minha cunha: também gostava que a subida dos Comandos voltasse. Este percurso foi difícil na mesma (na opinião de alguns até foi pior) e nem sequer tinha a subida mítica.
    Volta subida dos Comandos!

    Quanto à prova gostei muito do convívio, aquelas fotos no pódio estão um espectáculo :)
    E quanto ao meu recorde...preciso mesmo de dizer alguma coisa? Com a minha fonte de inspiração a puxar por mim...só podia não é?

    Beijinhos e que em 2014 cortes duas metas de maratonas feliz feliz feliz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De cunha em cunha :)

      Obrigado por esse teu desejo.TEM que ser :)

      Beijinhos :)

      Excluir
  4. Só tenho isto a dizer... "Que grande equipa"... Não vejo a hora de ter a minha amarelinha e estreá-la. Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. A vossa equipa cresce... Muito bom! sinal que mais amigos são cativados/conquistados :)

    Pois, a Amadora é sem dúvida a S.silvestre que mais me atrai. Talvez por ser mesmo no dia 31 e ganhe um simbolismo maior (que eu lhe dou, claro), mas este ano não deu par ir, nem a essa nem a outras. Opções em prol de Sevilha e outros projectos :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais do que crescer em quantidade, estamos a crescer em qualidade humana, que é o que interessa :)

      Boa continuação de preparação para Sevilha e o cortar daquela meta :)

      Beijinhos

      Excluir