sábado, 30 de abril de 2011

Grande Prémio (do) Rui Silva - Cartaxo

Com uma promissora jovem atleta que alcançou um brilhante 6º lugar, a muito simpática Liliana Alexandre
Já equipado e preparado para a "luta"
Os 2 atletas que viriam a vencer, Rui Silva e Clarisse Cruz, antes da partida à conversa com Helena Sampaio

Disputou-se hoje a 11ª edição do Grande Prémio que homenageia o filho de Cartaxo, Rui Silva.
Com um novo formato e horário, passando das 21 para as 18 horas e de 3 voltas ao centro para 2 passagens mas com partida e chegada ao Estádio, manteve a distância de 10 quilómetros que conta desde 2006 (nas 5 primeiras edições eram 8.000).
Logisticamente tudo se tornou mais fácil e a população continua a vir para a rua presenciar o evento mas o ano passado, único ano que tenho de referência, havia mais espectadores e, principalmente, mais efusivos, talvez por começarem a interagir horas antes com o aparato no centro.
A nível organizativo, tudo esteve conforme o esperado, num feliz hábito que a Xistarca nos proporciona.
O único ponto que poderá haver discórdia é a prova ter sido publicitada como percurso plano, enquanto grande parte subia ou descia, apesar de não serem diferenças de nível acentuadas.

Rui Silva continua a dominar esta corrida que tem o seu nome, e venceu pela 5ª vez em 11 anos, regressando aos triunfos que já tinha alcançado em 2001, 2004, 2005 e 2006. Nos restantes anos que não ganhou, registaram-se 5 vitórias queniana e uma de Yousef el Kalai. No entanto, a vitória não foi fácil , tendo sido ao sprint com Manuel Damião. Rui Silva ficou creditado em 29.53 e Damião 29.54, com José Rocha a completar o pódio em 30.08. Do 4º ao 10º classificaram-se José Ramos, Vitor Oliveira, Ricardo Mateus, José Maduro, Filipe Rosa, Pedro Cruz e Carlos Silva, o que dá para ter uma ideia do bom nível competitivo deste evento, com o 10º em 31.07

Em femininos, vitória também sportinguista, Clarisse Cruz com 35.10 e um avanço de 28 segundos sobre Cláudia Pereira, fechando o pódio Ana Mafalda Ferreira em 36.24, seguida de perto por Vera Nunes e Rafaela Almeida, tendo a 6ª classificada sido Liliana Alexandre, muito jovem atleta de 20 anos e com um enorme potencial. Realizou 37.44 e bateu por quase 1 minuto a consagrada Helena Sampaio. Ainda dentro das 10 primeiras, Raquel Trabuco e as 2 primeiras veteranas, Lucília Soares e Alice Basílio.
De referir que Clarisse Cruz igualou as 3 vitórias que Marina Bastos tinha no seu palmarés (2001, 2003 e 2004), juntando nova vitória aos seus triunfos de 2005 e 2009.

A nível colectivo masculino, vitória para o Sporting (46 pontos), seguido pelo Desmor (86) e Maduro Atletics (146). Em femininos, venceu o Benfica com 18 pontos, seguidas pelos Amigos Atletismo Mafra (62) e uma equipa da casa, o Ateneu Cartaxense (70).

Estão classificados 416 atletas, menos 4 que no ano passado, sendo que o record de participação pertence ao já longínquo 2003 com 647 atletas. Esta prova merecia um número superior de corredores. Provavelmente também poderá ter havido um certo retraimento pela chuva que caia forte no caminho até ao Cartaxo, mas durante a prova apenas estiveram a cair uns pingos muito fracos que não davam para molhar.

A minha prova correu bem, fiz 52.50 (tempo real, meta a meta), tendo sempre dado o máximo a qualquer momento. E quando assim é, só há razões para tudo estar bem.
Próxima prova, daqui a poucas horas em Vila Fria.

Classificações:

(desta vez só há fotos até à partida pois um problema técnico na câmara, felizmente já solucionado, impediu a restante reportagem)

3 comentários:

  1. Olá João..

    Esta prova é das poucas que nunca corri... estava pra ir, mais como amanha tenho o 1º de Maio, acabei por escolher Lisboa... Parabéns pela tua prova e um abraço

    ResponderExcluir
  2. Olá João

    Prazer em ver-te e acompanhar-te uns metros. Fiz 55 min, tu já lutas para baixar dos 50, não podia ir contigo...

    238 fotos da prova no site da Amma: http://www.ammamagazine.com/fotos/atletismo-estrada/1271-xi-g-p-rui-silva

    Beijinho e boa prova em Vila Fria (já a fiz várias vezes, quando fazia o Troféu)

    ResponderExcluir
  3. Ana - Também foi um prazer acompanhar-te. Quanto à prova de hoje, vai ser só a rolar. Ainda estou cansado de ontem...

    Beijinhos

    Carlos - Vale a pena conhecer esta. Há alturas que o calendário complica e temos que tomar decisões que nos custam por deixar alguma prova de lado. No meu caso, entre 3, e considerando que não dava para fazer 10 num dia e 15 noutro, optei por fazer duas, Cartaxo e Vila Fria, mas com grande pena de também não ir ao 1º de Maio.

    Um abraço e boa corrida

    ResponderExcluir