domingo, 17 de fevereiro de 2013

A habitual qualidade do GP de Mem Martins (num dia especial)

Já repararam no pormenor? Explicação em baixo! 

Tendo trabalhado em Mem Martins entre 1981 e 1987 e novamente após 2002, mal vi aparecer no site da Xistarca, num dia de Janeiro de 2008, referência a uma prova de estreia em Mem Martins, de imediato inscrevi-me. Quis o acaso que tivesse sido o primeiro inscrito para a primeira edição.

Gostei bastante da prova e da sua organização e não mais deixei de vir, apesar de não ter corrido no 2º ano mas, mesmo agarrado a duas muletas pela fractura do pé, não quis deixar de estar presente, no que foi a primeira prova que fui assistir cerca de dois meses após esse momento negro que me custou 6 meses de corridas.

Vir a esta prova passou a ser obrigatório, no sentido de não só gostar dela mas pelo respeito que me merece a organização, Associação Desportiva Real Academia e o seu presidente Álvaro Pinto, sempre com o imprescindível apoio técnico da Xistarca.


Hoje foi um dia de surpresas e emoções pois a organização decidiu, digamos, homenagear-me por ter sido o primeiro a acreditar na prova. Assim, fui contemplado com o dorsal nº 1, imagine-se! Fui convidado a entregar prémios no pódio, o que fiz para a 3ª sénior, 3º sénior, 2º vet. 4, 1º vet. 6, 3º familías/caminhada e 3ª equipa, fui entrevistado por uma televisão local (Rádio Ocidente) e ainda recebi um troféu.
Um simples atleta que anda lá para trás e que hoje tão simpaticamente foi tratado desta forma. 
Um grande obrigado ao Álvaro Pinto e toda a sua equipa que provam que este evento é feito por atletas ao serviço de atletas!

Tudo correu bem, como a organização sempre nos habituou, e nem a chuva incessante arrefeceu o entusiasmo pela corrida que todos sentem. 


Hermano Ferreira, ainda com as cores da Conforlimpa, venceu e bateu o record de percurso com 31.18, batendo o anterior de 2011 por 16 segundos, pertença de Miguel Quaresma. 
A 10 segundos classificou-se Carlos Silva do Sporting, com João Vieira do Reboleira a um minuto exacto do 2º
Hermano Ferreira foi o 6º vencedor diferente em outras tantas edições, ao contrário do sector feminino onde temos 3 atletas todas com duas vitórias. Já era o caso de Josefa Bongue (2008/2009) e de Ana Mafalda Ferreira (2011/2012), a que se juntou hoje Vera Nunes do Benfica que bisou após o seu triunfo de 2010. 
Marcou 36.59, terminando com um avanço de 1.21 sobre Margarida Dionísio da Garmin e 2.27 de Patrícia Serafim do Praças Armada.

Com atletas no 3º, 4º, 6º e 9º, o Reboleira triunfou pela 5ª vez em 6 edições, só não o tendo feito na 1ª edição por lhe ter faltado um 4º elemento pois os 3 presentes ficaram nos 5 primeiros.
Seguiram-se-lhes o Odimarc Alumínios e os Amigos Atletismo Mafra.

Classificaram-se 458 atletas, abaixo do record de 524 de 2012 mas tendo estado inscritos 540. O número de hoje é a 3ª melhor participação e a presença feminina foi de 61 atletas (13,3%) 

 Com o troféu

Quanto a mim, e além de todas as emoções já descritas, o peso da responsabilidade do nº 1 levou-me ao 2º melhor tempo em 5 participações, 56.38 de tempo real, apenas atrás dos 55.25 da edição inaugural, tempo que para as dificuldades naturais do percurso é bom para o momento actual. 
Agrada-me imenso as boas subidas que tem, apenas receando a descida íngreme de perto de cem metros antes da 2ª subida. 

Como se vê, foi uma manhã muito especial para mim, que ficará bem gravada na minha memória e onde mais uma vez tive o prazer da companhia do João Branco, atleta exemplo pelo seu espírito.

Entrevista para televisão local

Único ponto negativo a cargo de atletas. Como muitos deixaram o carro perto da partida, após cortarem a meta foram pelo estrada onde os restantes estavam a chegar, indo muitos em grupo e pelo meio da estrada, esquecendo-se que outros companheiros ainda estavam em prova. Nas últimas centenas de metros comecei a acelerar mas vinham em sentido contrário grupos compactos. Ainda pensei que ao verem se desviavam mas nada. Foi preciso  gritar das duas vezes "Ainda há atletas em prova" para se desviarem. Mais atenção!

E agora, venha a 7ª edição e convido todos que ainda não a conhecem a virem aqui pois a organização bem o merece e irão passar uma bela manhã.





Todos os pódios que tive a honra de distribuir prémios









30 comentários:

  1. Mas tu não és um simples atleta.
    Tiveste uma manhã mesmo especial, parabéns por tudo!
    Talvez para o ano experimente esta prova. Uma pessoa bem quer, mas não dá para ir a todas. Experimento umas este ano, outras para o ano, outras no ano seguinte... ;)
    Beijinhos e uma boa semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Isa

      Para quem está a começar a gostar de subidas (viva!) tens que ir conhecer esta prova pois aquela que se faz por duas vezes é boa :)

      Beijinhos e bons treinos

      Excluir
  2. Parabéns pelo tempo, mas principalmente pela distinção!

    Um abraço

    http://notjustarun.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo merecido reconhecimento! Abc

    ResponderExcluir
  4. Muitos parabéns João!! Pelo excelente tempo e pelo MERECIDO reconhecimento! Ficou-te bem o número! Nota-se que estavas emocionado... :)
    As provas são feitas por todos os atletas, do primeiro ao último classificado, é bom ver que há quem saiba valorizar os corredores de pelotão e quem tanto faz por divulgar, e bem, este mundo das corridas (TU, só para o caso de não teres percebido ;) ).

    Muitos beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado por tão gentis palavras

      Beijinhos :)

      Excluir
  5. Parabéns João!... Mas acima de tudo, parabéns à organização. São estes gestos que mostram o verdadeiro sentido da corrida para todos. As grandes corridas não são feitas pelos 10 da frente, mas também pelos milhares que chegam depois. Esta é a melhor forma de simbolizar o "obrigado" devido ao pelotão, aqui muito bem representado pelo grande João Lima (e não é ironia meu amigo!).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado amigo Carlos

      Eu é que me sinto pequenino para merecer estas coisas!

      Um abraço

      Excluir
  6. João muitos parabéns. Hoje também corri em casa, com a meta bem perto do meu lar :).
    Boa continuação destas excelentes reportagens e boas corridas.
    Tive só oportunidade de o cumprimentar.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Nuno

      Um abraço e continuação das óptimas corridas!

      Excluir
  7. Mais um marco na tua vida desportiva, um reconhecimento merecido. Parabéns grande João!!!

    ResponderExcluir
  8. João, parabéns por este merecido reconhecimento.
    Foi de certeza um grande dia.
    A organização da corrida, ao ter este gesto, mostra que dá verdadeira importância aos atletas.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Vitor

      É sem dúvida uma organização de atletas ao serviço de atletas

      Um abraço

      Excluir
  9. Grande João

    Ao ver o dorsal nº 1, por momentos pensei tratar-se de um atleta de topo Nigeriano

    John Limakwelu
    não sei se conheces? ehhehehe

    Parabéns amigo uma homenagem mais que merecida
    Espero-te no GP da Caparica no próximo domingo para arrasar-mos a barreira dos 50´

    abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que vou à Caparica, sim, que não vou arrasar barreira dos 50, não, ainda não estou no ponto. Se fizer 53 já fico bem contente.

      Um abraço

      Excluir
  10. Olá João!
    Fantástico! Parabéns! Tu mereces pela tua dedicação ao Atletismo.
    Um beijo grande

    ResponderExcluir
  11. Ora cá está uma grande homenagem , eu gosto de ver coisas assim , o reconhecimento pelo trabalho e dedicação de alguém que não anda nas luzes da ribalta. Parabéns.

    ResponderExcluir
  12. Justa e merecida homenagem a alguém que para além de atleta desenvolve um enorme trabalho jornalístico e de preservação do histórico das corridas em Portugal. Um homem que vive a corrida com poucos e a ela dá grande parte do pouco tempo disponível que tem quer ser a correr, a treinar, a pesquisar ou a escrever.
    OBRIGADO JOÃO!
    FORTE ABRAÇO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado eu pelas tuas palavras, Jorge

      Um grande abraço

      Excluir
  13. Coisas simples, mas com muito significado. Merecido, parabens. Mas para ser a "cereja em cima do bolo" só faltou entregar o premio ao atleta do União de Tomar, Helder Ferreira, que foi 3º VetM35. De TOMARENSE para TOMARENSE. Ñão esquecer 3 Leguas do Nabão, dia 3 de Março, com camisola técnica e possivelmente almoço. Abraço Amigo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Paulo. Esse escalão não me calhou!

      Um abraço amigo

      Excluir
  14. Olá companheiro João Lima,
    Obrigado pelas palavras para a Real Academia, eu apenas sou uma pena peça da máquina enorme que move o Grande Prémio.
    Para nós Real Academia estamos no Desporto pelo Desporto e pessoas com tu é que nos levam a organizar uma corrida.
    Um grande abraço
    Álvaro Pinto
    (Até qualquer Km)

    ResponderExcluir