quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Momentos especiais


Partilho aqui o filme da minha chegada na recente Meia-Maratona dos Descobrimentos, por ser um momento especial que muito me diz. 

Em termos estatísticos, e em 30 Meias-Maratonas, foi o meu 3º melhor tempo e a 3ª vez que baixei da barreira das 2 horas. 
Em 2007 tinha realizado 1.56.35 e em 2010 fiz 1.56.53. Agora marquei 1.58.26 noutras condições e idade.

Apesar de terem existido duas com melhor tempo, sinto que esta foi a melhor Meia que já corri, aquela onde dei mais de mim. Foi uma das corridas da minha vida e de forma imprevisível.

Daí, o momento tão especial e tão saído de dentro de mim ao cortar a meta (sim, aquele grito que se ouve é meu!).
Só quem anda lá dentro é que pode compreender estes momentos.

Para quem quiser ver o filme de todas as chegadas desta Meia-Maratona, clique aqui

10 comentários:

  1. Se alguma dúvida existisse quant á tua felicidade em cortar aquela meta, com este video ficou desmistificado!!! :D Que alegria!!! :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muita felicidade com "raiva" qb :)))

      Beijinhos :)

      Excluir
  2. Grande estilo, mas desculpa lá, ainda tens de treinar muitas chegadas para me bateres nas minhas “coreografias” ! Sim que deito os foguetes e apanho as canas nem que chegue é último!

    ResponderExcluir
  3. Aquilo não é (só) uma mera chegada à meta... ;)
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estás a ver como me compreendes? :)
      Foi muito mais do que isso!

      Beijinhos :)

      Excluir
  4. Há gestos que dizem tudo.
    Palavras para quê?
    Beijinhos padrinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exactamente, Isa, dizem o que as palavras não conseguem!

      Beijinhos :)

      Excluir
  5. Olá João,
    Dizes muito bem, só quem lá anda é que compreende as manifestações de alegria de cada um no final de uma prova.
    Para uns é chegar em primeiro, para outros é conseguir tirar uns míseros segundos que seja ao seu PB, outros é conseguir acabar.
    Numa prova existe um que chega em primeiro mas muitos que também são campeões por tentar ou mesmo conseguir alcançar os seus objectivos.
    grande abraço

    Manuel Nunes

    ResponderExcluir