domingo, 19 de fevereiro de 2012

Moldura record em Cascais numa excelente manhã

 A equipa 4 ao Km com a designer das camisolas, Joana Lima, que apareceu com um cartaz surpresa

A 29ª edição da já longa história dos 20 kms de Cascais proporcionou um novo record de participação. Foram 1.604 os classificados, batendo em 198 o anterior máximo alcançado no ano transacto.
Contabilizaram-se 205 atletas femininas (12,8%).

E tudo ajudou ao clima de festa, desde a habitual boa organização, passando pela beleza do percurso ampliado pelo bonito dia a deixar o frio afastado e também a Rapidinha, corrida e caminhada de 5 kms que esgotou as 1.000 inscrições. Apenas foi pena no primeiro reabastecimento, aos 5 kms, os últimos já não terem apanhado água à disposição. Um ponto a ter atenção, até pela distância da prova.

Telmo Silva voa nos últimos metros da corrida

Depois das suas vitórias em 2005 e 2006 quando representava a Conforlimpa, Telmo Silva alcançou hoje o tri, perfazendo 1.05.47. Correndo agora pelo Atibá, Telmo vinha a 5 kms do final num trio de atletas, donde  fugiu, triunfando com 20 segundos sobre o 2º, Luís Lima do NucleOeiras, equipa de que também faz parte o 3º, Artur Santiago (1.06.49)

Catarina Ferreira, Carla Pinto e Paula Fernandes, pela ordem que terminaram

No sector feminino, Catarina Ferreira dos Joaninhas Leião continua a sucessão de grandes resultados que tem vindo a coleccionar, vencendo em 1.23.22, sendo seguida pela vencedora de 2009 e 2010, Carla Pinto do Macedo Oculista (1.24.26) e Paula Fernandes do Garmin Olímpico de Oeiras (1.29.36), sendo cada uma delas a primeira classificada no seu escalão, sénior, veteranas 1 e 2, respectivamente.

Desta vez tive o importante apoio dos meus filhos, o que mais ajudou à boa prestação

A minha corrida decorreu da melhor forma, tendo mesmo alcançado o meu melhor tempo nesta prova, na 5ª participação. Era de 1.58.19 em 2010, retirei 7 segundos (1.58.12). Estas foram as duas vezes que baixei das duas horas e em ambas de forma semelhante. Poupando-me o necessário até ao retorno (cerca de 12.5), para depois, sentindo-me bem, atacar por um tempo melhor na secção mais complicada do percurso, pois é aí que na realidade começam as dificuldades e, ou se está bem, como hoje e pensa-se que faltam apenas 7 kms, ou já se está desgastado, exemplo do ano passado, e os 7 que faltam parecem demasiado.

Como correu, e não só pelo tempo, deixou-me muito satisfeito e orgulhoso, sabendo que a parte fundamental foi ter corrido com cabeça.



O Gato Fedorento José Diogo Quintela também correu nos 20 kms. Quando chegou à partida já esta tinha sido dada e, mesmo assim, recuperou quase 500 lugares!

4 comentários:

  1. João, gostava de já ter preparação para ir a essa prova. Mas para já, as corridas têm sido de 12Km e ainda não treinei mais que isso. Desta vez não quero abusar, com medo que o joelho se volte a queixar. Nessa distância conto fazer a da ponte 25 de Abril, na qual já me inscrevi. Mas hoje foi mais um dia grande para o atletismo. Além do tempo fantástico para correr, houve essa prova e a maratona de Sevilha. E nisso, o fundamental é mesmo não entrar muito forte, sob pena de não haver forças para o final.
    Bons treinos

    ResponderExcluir
  2. Não há nada a fazer! O que eu gostei mais foi do cartaz da equipe 4 ao quilómetro!
    A Joana aceita encomendas? Queria um para a minha equipe: (feito num) oito ao quilómetro!

    Hoje apetece-me ser mau: Quando acabaste a prova não pensaste que ainda te falta outro tanto mais 2,195 km?
    Não, não é para desmotivar é para te motivar a treinar e acreditares!
    Até porque esse tempo é um excelente indicador para o projecto que tens em mente para Dezembro!
    Abraço.
    P.S. Falhei os 20 km mas fiz meia horinha de V6 aqui no campo da bola! Coisa esquisita não?!

    ResponderExcluir
  3. Boa noite, João Lima. Sabe se este ano houve prémios para os melhor mascarados? Um abraço.

    José Duarte

    ResponderExcluir
  4. Olá boa noite. Desconheço. Sei que nos anos anteriores houve, este ano não sei

    Um abraço

    ResponderExcluir