domingo, 14 de abril de 2013

Treino Cascais - Belém


Como vou entrar em 4 provas em 10 dias, entre 21 de Abril e 1 de Maio, tirei o dia de hoje para descansar das corridas.

E o que há de melhor para fazer num dia de descanso de corridas? Um treino longo e duro! 23 kms sozinho, sempre à torreira do sol e sem levar reabastecimentos (apenas um bebedouro aos 12 kms)

Fui deixar o carro a Belém para apanhar o comboio para Cascais para depois vir de Cascais a Belém a correr. E foi logo no início da jornada que se deu um problema. Cheguei à gare no sentido para Cascais, dirijo-me à máquina para carregar o bilhete no cartão Viva Viagem e diz-me que já estava expirado, o que eu suspeitava. Vou para pedir um cartão novo mas essa máquina estava sem cartões e era a única naquele lado. O comboio estava quase a chegar portanto pus-me a correr escadas acima para passar para o outro lado e ir à outra. Chego lá e vejo que tem o símbolo dos cartões mas... estava bloqueada. Corro para a bilheteira da estação mas as portas estavam fechadas. O comboio já estava a chegar à gare e eu sem poder comprar o bilhete. Corri então para o outro lado, dizendo melhor foi mesmo sprint, e ainda consegui entrar. Fui então à procura do "picas" para relatar o sucedido e ele lá me resolveu o assunto, vendendo ali o bilhete. Mas fiquei a pensar a atrapalhação que seria para um estrangeiro, coisa que não deve faltar nesta estação dum ponto turístico.

Entretanto, com quem dou de caras no comboio? Com o amigo Sequeira que ia para a Corrida do BES (desculpem escrever Corrida do BES e não BES RUN mas só falo em inglês para quem não percebe a nossa língua).

Chegado a Cascais, e apesar de serem 8.45, já se notava que o calor veio em força. 

Comecei indo pelo Passeio Marítimo de Cascais que se estende até aos 2,5 kms em São João do Estoril. Aí, fui para o passeio da Marginal até São Pedro (3,8), aproveitando o Passeio de São Pedro em terra batida, até aos 4,9

Nova mudança para o passeio da Marginal, que só utilizei quando não havia outra hipótese, e aos 7,9 kms cheguei a Carcavelos descendo para o seu Passeio Marítimo que se junta ao de Oeiras e se estende até Paço de Arcos (13 kms). 

Daí e até Caxias (16 Kms) novamente pela Marginal, para entrar em novo Passeio Marítimo que se vai juntar ao de Algés, seguindo depois sempre em frente até Belém, mas fazendo o corte para passar pela Torre de Belém.

Um treino com uma vista e ambiente muito agradáveis. O problema foi o calor e o faltar-me companhia para incentivar, além da água que deveria ter levado no cinto e cuja falta me desgastou a ponto de começar a sentir o cansaço aos 16 e a partir dos 18 foi um enorme esforço para levar a jornada até ao fim, o que consegui.

Chegando tão desgastado ao fim dos 23 kms, é nestas alturas que (ainda) me espanto como consegui fazer uma Maratona. Mas que a fiz e isso ninguém me tira!

Curiosamente, estou muscularmente cansado em tudo o que é sítio menos nos gémeos. E porquê?
Pois sempre tive muita curiosidade sobre as meias de compressão. Finalmente, comprei um par na Feira da Ponte (para grande "surpresa" de todos, são amarelas!). Como não se experimenta material novo em corrida, deixei o teste para hoje. E como correu o teste? Muito melhor do que esperava! Não tenho o mínimo cansaço nos gémeos! Quase parece "feitiçaria" mas é verdade. 100% aprovadas!
Estando habituado a não levar ali nada, nem nunca corri de calças sequer, não estranhei e nem fizeram calor. 
A Paula Radcliffe quando as celebrizou, lá sabia o que estava a fazer! 

30 comentários:

  1. Óptimo treino João.
    E a falta de abastecimentos também faz parte do treino. Há quem defenda que nos habitua a situações de falha.

    Abraço!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, faz parte mas não deixa de desgastar :)

      Um abraço, Pedro

      Excluir
  2. Valente! 23km com um solzinho como o de hoje! Imagino como estaria o Passeio Marítimo!
    E é verdade que sem companhia parece que os quilómetros demoram mais a passar. Mas já fizeste uma Maratona e hás-de tornar a fazer outra! ;)

    Beijinhos e boa semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por falar em valente, tu é que foste, com caminhos daqueles! :)

      Beijinhos e obrigado

      Excluir
  3. Grande treino João! E por sítios lindissimos. Todos esses passeios marítimos são muito agradáveis.
    E uma vez maratonista, sempre maratonista. Estes 23km podem ter custado, mas estavas sozinho e estava calor e tu sem água, tudo factores que pesam...

    Se calhar também vou ter que arranjar umas meias de compressão. Já tinha pensado nisso. Para as canelas também devem ser boas.

    Beijinhos e boa semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah isso claro! Uma vez maratonista, nunca mais perco esse estatuto! :)

      Aconselho-te fortemente as meias, além do que te podem ajudar nas canelas. Estou impressionado com o seu resultado!

      Beijinhos e boa semana :)

      Excluir
  4. Isso do problema nos comboios é falta de "pratica"! Quem, como eu, anda muito neles já está habituado a tudo e mais alguma coisa infelizmente.
    Bem esses treino longos em solitário e sem abastecimento são os mais indicados para a maratona e a ultra maratona!...
    Tirando o calor (e o alcatrão) esse tipo de treinos era o que eu fazia por aqui aos fins de semana quando ainda tinha pé! Tenho saudades.
    Meias de compressão nunca tive vontade nenhuma de correr com isso mas estou a ver que tenho de experimentar (isto se eu voltar a correr alguma coisa de jeito).
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jorge, basta correres para ser logo alguma coisa de jeito :)

      Um abraço

      Excluir
  5. Já agora treino de 2 horas sem abastecimento (mas a horas de pouco calor é claro!) é fundamental para quem quer ser corredor de fundo. Então no treino da maratona é algo de fundamental!
    Claro que que isso implica habituação e alguns cuidados mas eu sempre faço os treinos de duas horas (as vezes até 2:30) de manhã e em jejum (ingerindo apenas um copo de água).
    Já deve haver por muita gente a dizer que sou doido mas perguntem a quem realmente entende do assunto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito perfeitamente Jorge. O problema que me desgastou foi o facto do calor ter vindo de repente. Sempre que vem de repente, ressinto-me. depois habituo-me e tudo bem.
      Ressenti-me mas fiz! :)

      Excluir
  6. Belo treino. Quando vinha de comboio da Corrida do BES ainda me lembrei dos treinos longos que ceguei a fazer de Cascais ao Cais do Sodré (também conhecido por Dondocas - Docas, hehe!). Aconselho é a comprares uma mochila com camel pack... mesmo que pequena, sempre dá para levares uns 500 ml de água ou mais e é outro descanso, principalmente em dias de calor :)

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Penso que não me vou adaptar à mochila. Uso é um cinto

      Abraço

      Excluir
  7. Grande treino João!!!
    23 km, sozinho e com o calor que esteve, foi um bom desafio.
    Em relação às meias, também aconselho o seu uso. Já as utilizei num trail e gostei bastante.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São um espectáculo, Vítor!

      Um abraço

      Excluir
  8. Excelente treino num percurso muito bonito. O calor veio muito depressa e com força e nesses casos, fazer treinos longos sem abastecer é complicado. A brincar a brincar mostraste de que fibra é feito um maratonista, pena não teres levado companhia era a cereja :)


    abraço e até domingo no mesmo local ;))

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Jorge

      Um abraço e até domingo

      Excluir
  9. Excelente treino amigo...

    Grande força de vontade :)

    Estás de parabéns :)

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Força de vontade tenho, falta-me é força para correr mais rápido! :)

      Obrigado e beijinhos

      Excluir
  10. Grande treino João! Eu embora já tenha feito três meias, nunca fiz um treino com mais de 17km! Tenho que experimentar essa sensação de fazer tantos quilómetros apenas pelo simples prazer de treinar :)

    um abraço

    ResponderExcluir
  11. Belo treino João. Eu ando a planear um treino longo ali para os lados da marginal mas conheço muito mal a zona. Por acaso não tem o percurso disponível no site da Garmin, para poder ver com mais detalhes os vários passeios do percurso ? Há zonas em que no Google Earth não consigo perceber se têm condições.
    Obrigado
    Ricardo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, não tenho pelo site da Garmin. A minha vantagem é conhecer muito bem aquela zona

      Um abraço

      Excluir
  12. Em Portugal é normal fazerem locais de lazer e convidativos à pratica desportiva, mas depois esquecem-se do fundamental: bebedouros.
    A primeira que fiz a ciclovia de Belém ao Cais do Sodré, foi num dia quente e também me vi "Grego" para arranjar água.

    ResponderExcluir
  13. João, inveja desse treino pela beleza da paisagem. Sortudos dos que podem andar sempre ali a treinar.
    Atenção ao calor e à desidratação. Este Domingo fiz um treino de 15Km e ia levar garrafa de 500ml num cinto. Mas logo de início o cinto incomodava-me e voltei para trás para o tirar, acabando por fazer o treino com a garrafa na mão. Não dá jeito nenhum, desiquilibra a postura correcta do corpo, mas é sempre melhor que passar sede.
    Mas vamos às meias. Satisfeito e aprovadas? É que eu já julgava que era coisa psicológia minha :) Há meses que as uso e confesso não querer outra coisa. Os gémeos vão ali aconchegados e no fim não se queixam de nada. Só me parece haver um senão: o calor. Nesta última corrida senti as pernas mais quentes que o habitual. Será que daqui para a frente dará para aguentá-las com mais calor? E a questão da transpiração nas pernas? Será que as meias cortam essa necessária transpiração e respectivo efeito refrescante? O que dizem os 'especialistas' sobre isto?
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu, curiosamente, não senti calor nas pernas.

      Um abraço

      Excluir
  14. Grande treino João!

    Em relação às meias também era algo céptico, mas tal como tu comprei umas na feira da Meia Maratona da Ponte, fiz um curto teste com elas antes da meia e usei-as nos 21Km.

    Tal como dizes fiquei muito admirado com o resultado principalmente nos gémeos. Já as usei por mais 2 vezes e efectivamente acho que valem bem a pena.

    Já agora ainda em relação às meias, só as tenho usado em treinos / provas longas, será que justifica usar meias de compressão em prova de 10 Km ?

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em provas mais pequenas, depende do ritmo que se impuser

      Um abraço

      Excluir
  15. Belo treino! Em relação às meias de compressão, não há estudos científicos fidedignos que comprovem a sua utilidade e as vantagens que são divulgadas. As meias de compressão poderão ser muito úteis a quem tem problemas de circulação, acredito porém que as meias de compressão também poderão ser uma ajuda para treinos/provas com distâncias para cima de 15/20km. Tudo o que seja a baixo dessas distâncias não me parece que haja grande utilidade. O João comprova na prática aquilo que eu disse. Podem ter também um efeito de placebo e a pessoa sentir-se mais à vontade com as meias. No fundo o que interessa é correr, treinar e competir em provas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Independentemente de estudos científicos, sei o que senti, e isso é a melhor experi~encia

      Um abraço

      Excluir