quinta-feira, 25 de abril de 2013

A Liberdade da Corrida

 
"Há os estados capitalistas, os estados socialistas e o estado a que chegámos" 

Esta foi uma das frases do discurso de Salgueiro Maia ao seu pelotão antes de rumar a Lisboa para retirar a mordaça ao povo português. Miséria, medo, repressão e guerra eram palavras do dia a dia e sem a mínima liberdade para opinar o que fosse.


Inclusive a liberdade de poder correr livremente pelas estradas portuguesas, algo que apenas o movimento da Corrida para Todos veio criar.

Por tudo isso e muito mais, poder correr em liberdade pelas ruas de Lisboa, comemorando o dia que tudo mudou, é algo de imperdível para atletas como nós.


Assim e mais uma vez (6ª), estive presente na Corrida da Liberdade para correr do Quartel da Pontinha aos Restauradores. 

Uma prova sem classificações em que o importante é participar e conviver. Formámos um grupo onde a intenção era "chegar quando chegássemos" (o que fizemos 1.03 depois da partida). Grupo esse formado por, além de mim, Isa, Lúcia, Sandra, Nuno e Magro.


E assim, divertidos, lá fomos a uma velocidade muito confortável, a aguentar o calor que esteve forte. Apesar da velocidade reduzida, custaram-me os últimos 4 kms pois desde ontem que me sinto com pouca energia. Há dias assim e domingo na Meia de Almada já tudo estará melhor. 

Agora, é esperar pela próxima edição desta corrida, num ano especial por serem os 40 anos do 25 de Abril (40 já? Eh pá... estou mesmo a ficar com uma certa idade!)



18 comentários:

  1. Esta terá sido, para aí, a minha 20ª… desde esta: https://fbcdn-sphotos-d-a.akamaihd.net/hphotos-ak-snc6/309569_318419554836668_1385107946_n.jpg
    Para já, posso dizer que estive na 1ª e na última...
    É sempre um enorme prazer correr a Corrida da LIBERDADE!!!

    Parabéns João!

    Orlando Duarte

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que espectáculo Orlando! Essa medalha é bem valiosa!!!

      Um abraço

      Excluir
  2. Ai tu também estás a contar que domingo em Almada..."já tudo estará melhor..." - pois...também eu João!

    E sim, não fosse Abril e onde alguma vez estaríamos nós a viver este amor com a Corrida?

    Beijinho e até domingo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu até tenho andado bem mas desde ontem que estou com uma crise de preguicite aguda que espero passe rapidamente :)

      Beijinhos e a ver se nos vemos no domingo pois hoje só te vi ao longe na partida

      Excluir
  3. Olá João!
    Foi uma excelente corrida, apenas corremos pela liberdade de correr, sempre com alegria e gargalhadas. Muito boa corrida. Soube-me mesmo bem.
    Beijinhos e até domingo que irá correr bem :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acredito que no domingo vamos fazer uma excelente Meia :)

      Beijinhos

      Excluir
  4. Vamos lá ver se para 40 já estou em forma!
    (Mas tenho serias duvidas!).

    Aproveito para deixar aqui um enorme abraço ao homem que fez a revolução na corrida: O professor Mário Machado, mas também não podemos esquecer o Professor Melo de Carvalho!

    Forte abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma homenagem merecida.

      E quanto aos 40 anos, nem que a gente te leve ao colo tens que vir!

      Um abraço

      Excluir
  5. Meu caro, correr é muito bom mas, por vezes, precisamos dos nossos momentos de ronha e preguicite aguda. ;)

    Forte abraço e até domingo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois assim parece... como também parece que fui mordido por alguma mosca que dá preguiça! :)

      Um abraço, grande Pedro e até domingo

      Excluir
  6. Olá João.
    Não poderia ter alcançado melhor vitória pessoal ontem , do que a alegria que senti ao correr descontraidamente naquele fantástico grupo. Gostei muito, e que domingo tenhamos todos uma excelente meia !
    Grande abraço
    Magro

    ResponderExcluir
  7. Divertida esta corrida tão especial.
    Boa corrida no domingo.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Carlos e boa Arouca para ti

      Um abraço

      Excluir
  8. Abril é Liberdade. Correr é ser livre.

    Abraço e até domingo em Almada.

    ResponderExcluir
  9. Desde o ano 2000, tenho feito quase sempre esta corrida, este ano foi diferente mas foi com muita alegria que lá estive... assim também vi muito mais gente, acho mesmo que é a melhor forma de ver muita gente...
    Anos houve em eram muito menos a correr, agora está com muito mais participação, ainda bem.
    Viva a liberdade e os seus capitães, precisamos urgentemente de outra mas, esta continua a valer.
    beijinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que não precisamos de outra mas que os ideais desta valessem

      Beijinhos e boa recuperação

      Excluir