domingo, 7 de outubro de 2012

Ovar - Mas que bela Meia!

 

Ovar é uma cidade do distrito de Aveiro com cerca de 17 mil habitantes e com a curiosidade de no passado  todos os terrenos do concelho situados a oeste da estação de comboios, que dista do litoral 5.200 metros, foram domínio do mar, não existindo a ria.

Foi nesta cidade que nasceu em 1978 o AFIS - Atletas Fim-de-Semana, que se juntavam aos domingos para correrem.
Oficializaram a instituição 10 anos depois e no ano seguinte a 5 de Outubro de 1989 organizaram a 1ª Meia-Maratona de Ovar, com assinalável êxito e 651 atletas na meta.
Até ao ano actual nunca mais deixou de se realizar esta prova, tendo até ao ano passado sido sempre fixa no feriado que comemora a República.
Na 4ª edição quebrou a barreira do milhar, donde não mais saiu, tendo o seu record de participação em 1.826 classificados em 2011, aos quais se juntam cerca de 2 milhares e meio de caminhantes.


Com um percurso muito agradável e variado, que vai desde a cidade ao mar, ria e floresta, cedo se tornou ponto de encontro dos atletas que sempre souberam apreciar a excelência da sua organização, contando também com uma forte elite em virtude duma recheada grelha de prémios que este ano atribuiu 1.750 euros ao vencedor de cada género, num total geral de 12.160 euros.

No seu historial, e em 24 edições, já contando com a disputada hoje, temos uma relação de vencedores de 13 atletas femininas e 18 masculinos, sobressaindo as 6 vitórias de Inês Monteiro sempre aos pares (2001-2002, 2004-2005 e 2008-2009) e as 3 de António Salvador, 1989, 1991 e 2008, com a particularidade de ter triunfado na 1ª e 20ª edições.

A nível de record de percurso, o masculino vem já de 1995 quando Luís Jesus registou 1.01.47 e o feminino  do ano passado onde Jéssica Augusto marcou 1.09.13

Este ano, em virtude da incerteza no início do ano se o 5 de Outubro ainda seria feriado ou não, decidiu passá-la para o domingo. Afinal ainda houve feriado mas foi o último. Segundo dizem, feriados estragam a competitividade. Faz-me recordar que treinar em excesso diminui o rendimento, pois uma faceta essencial para um bom treino é ser complementado com bom descanso. E um feriado, além de permitir um descanso sempre bem vindo e regenerativo, fortalece os laços da actualidade com a nossa história, ligação que tornará uma relação povo-país mais forte. No entanto, iluminados pensam o contrário e viraram de pernas para o ar este conceito.


Sempre ouvi dizer maravilhas desta Meia e este ano pude perceber o porquê, vindo pela primeira vez. Tudo o que me diziam era verdade! Uma bela Meia, com uma organização que custa a acreditar sejam amadores pois o seu resultado final é altamente profissional.
É pena ficar distante para mim mas será sempre uma a ter em conta porque depois de a experimentar, fica-se definitivamente conquistado.

Foi o culminar dum excelente fim-de-semana onde tivemos a sempre excelente companhia da Sandra Martins e Nuno Espírito Santo, tendo os dois dias voado!


A minha prova em si foi mais um bom treino para a estreia na Maratona (faltam 2 meses e 2 dias) e saldou-se pelo resultado final de tempo real de 2.14.55
O único adversário que tive foi o muito calor. A boa notícia é que reagi bem a algumas longas rectas, factor que habitualmente me prejudica mas que tenho vindo a trabalhar, em especial devido à aludida estreia na Maratona.

No final tive o grato prazer de conhecer pessoalmente o Joaquim Costa do excelente blog Amarante Running, sua esposa, que também se vai estrear na Maratona mas já daqui a 3 semanas e que aproveito para desejar as maiores felicidades, e seu filho.


Competitivamente, e com um plantel muito forte, Rui Pedro Silva, a estrear a camisola do Benfica, repetiu a sua vitória de 2005, cumprindo a distância em 1.04.46
Na 2ª posição terminou Paulo Gomes, vencedor em 2002, representando o Benaventense (1.05.16), completando o pódio Luís Feiteira da RB Running a um segundo (também ele já vencedor em 2004 e 2006). 
Seguiram-se, Manuel Damião, Hermano Ferreira, Luís Pinto, Daniel Pinheiro, Leonel Fernandes, Pedro Ribeiro e, a fechar os 10 primeiros, Youssef el Kalay


No sector feminino, Dulce Félix continua em grande, estreando-se a vencer a Meia vareira com a marca de 1.11.07, precedendo Sara Moreira que completou a dobradinha do Maratona em 1.11.35 e a benfiquista Marisa Barros, vencedora em 2010, com 1.12.14
O top 10 ficou completo com Inês Monteiro, Sara Pinho, Rafaela Almeida, Carla Martinho, Marta Martins, Filipa Almeida e Eunice Tavares.

Finalizaram 1.590 atletas, número inferior ao record do ano passado mas dentro dos números habituais dos últimos anos, sendo 105 femininas (6,6%)




16 comentários:

  1. Obrigado pelo detalhe e pela partilha.
    Mais uma bela e completa reportagem...aliás como sempre.
    Parabéns e abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelas palavras que são um bom incentivo. Um abraço

      Excluir
  2. Aqui está um excelente prova que sendo organizada por corredores sabem como fazer as coisas. Aqui aplica-se lindamente a divisa: Corredores ao Serviço de Corredores do Movimento Spiridon! Assim muito por alto e rapidamente recordo algumas provas que ainda são organizadas por clubes de corredores e tem um bom nível organizativo: 20 km de Almeirim, Corrida dos Sinos, e 3 Léguas do Nabão (penso não estar errado no que estou a afirmar a não ser que alto tenha mudado na estrutura dessas provas que tão bem conheci).
    Antes de haver os organizadores profissionais de provas eram os corredores e os seus clubes que as punham em marcha e algumas ainda existem nos dias de hoje.
    Infelizmente nunca fiz a Meia de Ovar mas era algo que gostaria de fazer mas as deslocações estão cada vez mais complicadas para mim e as que implicam um dormida fora de casa, então, são completamente "proibidas".
    Fico feliz ao ver que tudo está a correr sobre rodas na tua preparação para a Maratona. Vais que que nem vai ser assim muito complicado correr os 42,195 km!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh Jorge... isso dizes tu que não viste o desgastado que cheguei! :)
      Mas também a 9 de Dezembro não é de esperar que esteja um calor assim! (sei que a meteorologia anda muito estranha mas tanto também não...)

      Excluir
  3. Foi uma excelente prova, apesar do calor que se fazia sentir em pleno mês de Outubro... Mas a organização está de parabéns, tudo correu pelo melhor.

    O percurso é muito bom e bonito e é muito agradável ver em grande parte do percurso os caminhantes ao nosso lado a apoiar.

    Em termos de companhia, não poderia pedir melhor, com o meu mais que tudo que me acompanhou do inicio ao fim, com uma paciência extraordinária, sempre com palavras de força e sempre a ouvir as minhas lamurias e a correr a uma velocidade bem abaixo da sua. Com os meus grandes amigos que eu tanto adoro e admiro - João e Mafalda Lima que são a melhor companhia do Mundo.

    O meu muito obrigada a todos.

    Sandra Martins

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faço nossas as tuas palavras sobre a companhia! :)

      Excluir
  4. Belo trabalho João! E quanto à maratona... nada de medos. Vai correr bem, naturalmente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Naturalmente... é se eu tivesse capacidades para fazer uma. Assim, tenho que "inventar" o que não tenho, ajudado pelo que tenho e muito, uma enorme vontade!

      Um abraço

      Excluir
  5. Parabéns!
    Fiquei com vontade de um dia, também eu, participar nesta prova da qual tão bem falas.
    Daqui a 2 meses então temos maratonista, não é João? =)
    Força! Estou a torcer por ti!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh Isa... vamos ver. Tanta coisa pode acontecer até lá! Pequenas coisas que numa prova desse tamanho se transformam em grandes dificuldades.

      Não prometo que vá conseguir. Prometo é dar o que tenho e, principalmente, o que não tenho para conseguir. Lutar até mais não. Por força de vontade, já lá estou! :)

      Obrigado pelo apoio! :)

      Excluir
  6. Obrigado João. Também foi para mim um prazer conhece-lo.
    A corrida tem destas coisas e permite encontros inesperados como aquele de ontem.Desejo a maior sorte do mundo , tenho certeza que vai conseguir.Aproveito para lhe enviar a foto que assinala o nosso encontro.abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um abraço amigo e obrigado pelas palavras

      Excluir
  7. Parece-me um f-d-s bem passado, entre amigos e sempre a correr. Mais um passo a caminho da Maratona! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais um passo antes dos cerca de 33.750 passos na maratona :)

      (cálculo para 800 passadas por cada 1.000 metros)

      Excluir
  8. Também por lá corri, tendo sido a minha 3ª Meia Maratona e fiquei agradalvelmente maravilhado pela qualidade do percurso e organização, se bem que aquela 2ª volta na vila seria desnecessária. Mas como já é tradição .... nada a dizer

    ResponderExcluir