quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Na Corrida do Pirilampo Mágico


Decorreu hoje em Belém a primeira edição da Corrida do Pirilampo Mágico.

Acarinhado por todos, e antes de passar à corrida, deixo aqui um pequeno historial de como nasceu o Pirilampo Mágico (retirado do site da Fenacerci)

“Noite de 2 para 3 de Setembro de 1986 estava no ar uma entrevista para o Programa “Arte de Bem Madrugar” na RDP-Antena 1 onde foram abordados alguns dos problemas financeiros com que se defrontava na altura a CERCILISBOA, bem como, alguns dos projetos em que esta se encontrava envolvida”. Sensibilizados que ficaram os elementos desta estação para a situação, foram imediatamente, no dia a seguir, encetados contactos entre a FENACERCI e o Diretor de Programas da RDP-Antena 1, Sr. José Manuel Nunes que propôs a esta Federação, a realização de uma campanha de solidariedade com carácter de abrangência nacional em favor de todas as CERCI`s. Nascia aqui a “Campanha Pirilampo Mágico”, aberta oficialmente a 11 de março de 1987 tornando-se desde então, uma das mais participadas campanhas de solidariedade existentes no nosso Pais. 
E nasceu um Pirilampo… 
Tendo-se definido os objetivos da campanha que se pretendia desenvolver, foi na primeira campanha e por via da música, cuja letra foi criada a partir de um poema escrito pela Maria Alberta Meneres, que nasceu o Pirilampo Mágico, “mascote” para sempre adotada e que se constituiu desde esta altura, como objeto de venda, destinado a angariar fundos que visam desde sempre, a criação de respostas sustentadas e de qualidade destinadas à população com deficiência intelectual e/ou multideficiência. 
…Eu conheço um Pirilampo 
Que vive muito lampeiro 
dentro dos olhos da gente…
O pirilampo é hoje um dos maiores, senão o maior símbolo de solidariedade social em Portugal. A causa social a que está associado – o apoio a crianças e jovens com deficiência intelectual e/ou multideficiência ; o notável trabalho desenvolvido pelas CERCI`s a nível nacional; a familiaridade e laços afetivos estabelecidos com os cidadãos portugueses há mais de duas décadas, conferem a este ícone um estatuto de grande credibilidade e impacto mediático que muito tem contribuído, por via da angariação de fundos, para o sucesso das intervenções que vêem sendo desenvolvidas junto deste tipo de população. A colaboração dos órgãos de comunicação social, de figuras públicas ligadas aos campos das artes e letras, das empresas e ainda a indispensável adesão voluntária de milhares de pessoas sem as quais certamente, o objetivo e o sucesso desta campanha ficaria comprometido, são razões mais dos que suficientes para deixarmos bem claro, o quanto agradecemos a colaboração e adesão de todos a esta iniciativa que serve um propósito tão digno e tão importante para a prossecução do muito que já conseguimos e conquistámos no campo dos direitos inalienáveis que devem ter as pessoas com deficiência intelectual e/ou multideficiência."

Confraternizando antes da prova com o grande António Belo
Ambiente fantástico a marcar este evento muito agradável, deixando a esperança que a esta edição muito mais se sigam.
Para primeira, a participação foi boa, 558 atletas na corrida e muitos muitos caminhantes, todos unidos no apoio ao Pirilampo.

E foi essa a razão que me inscrevi na prova. Calhando a meio duma semana onde domingo corri na Meia-Maratona da Vasco da Gama e neste domingo vou à Meia-Maratona da Moita, não faria sentido participar noutra prova. Mas, o que faria? Planeado estava um treino calmo de 10 quilómetros. Então, assim sendo, nada como ir à prova no mesmo ritmo que iria fazer o treino e assim ajudar a causa.

Um passeio pela avenida
E nisso sou muito disciplinado. Claro que uma prova puxa-nos mais para outro tipo de andamento, mas coloquei aquele devagar, devagarinho, não querendo estragar nada, tendo em conta que amanhã a um mês é a Maratona do Porto, e aí fui eu num passeio pela avenida.

E a chegada fresquinho
1.02.59 de tempo final a provar que segui o plano à risca e não cedi a tentações. Até porque ainda tenho o problema do joelho em virtude da tal cacetada no bico da mesa.
Tal como na Vasco da Gama, queixou-se até perto dos 5 quilómetros e depois anestesiou. Não está melhor nem pior e não noto que piore com a corrida. Mas todos os cuidados são poucos.

Uma fotografia especial com um casal espcial


E com a super campeã olímpica, Rosa Mota, sempre disponível, autêntica embaixadora da simpatia

19 comentários:

  1. Com esse andamento terias sido a lebre ideal para mim! Não sei é se aguentava! Como diz o Egas: Posso rir-me? Aquele abraço, cuidado com a mobília e já sabe na Moita é que é bom! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As mobílias são perigosas porque são um bichinho muito irrequieto!

      Um abraço

      Excluir
  2. Estive lá e ainda te vi mas já não consegui falar contigo antes de ires para a zona da partida.
    Estava um ambiente excelente e o tempo também estava muito bom.
    Bom treino.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pena que não te tenha visto para poder dar pessoalmente os parabéns pelo ENORME feito de domingo :)

      Um abraço

      Excluir
    2. Pode ser que ainda tenhamos hipótese antes da Maratona do Porto. Também gostava de te desejar boa sorte e uma boa Maratona pessoalmente.

      Abraço

      Excluir
  3. Estás em todas!!! muito bem João até porque essa era sem duvida uma corrida especial e onde tanto quanto sei estava uma representação da Cercimarante que fica aqui bem perto de minha casa ,uma boa prova domingo rumo á maratona.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostava de estar em todas mas não consigo!

      Obrigado e um abraço

      Excluir
  4. Bom treino João!

    Pensei que a prova fosse ter menos participação, mas realmente enganei-me :)

    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Vitor!

      Também assim o receei mas, felizmente, enganámo-nos :)

      Um abraço

      Excluir
  5. Excelente a parte da disciplina. Seria tão fácil entrar noutro ritmo e ceder a tentações. Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seria fácil sim, Nuno, mas quando outros valores mais altos se levantam... :)

      Um abraço e força para daqui a um mês :)

      Excluir
  6. Parabéns, João! Ontem não fui nada disciplinado, mas senti-me bem! Até à Moita! Grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sentir bem é o mais importante!
      Força para daqui a um mês!!! :)

      Um abraço

      Excluir
  7. Descanso ativo e por uma boa causa!

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ora aqui está uma frase que resume tudo :)

      Um abraço

      Excluir
  8. Que inveja! Só tiraste fotos com grandes campeões. Rosa Mota!!!! António Belo! E Sandra e Nuno!!!! Aquela que tenho mais inveja é mesmo a que tiraste com eles e sabes bem porquê ;)

    Foi um belo "passeio" e por uma bela causa :)

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi sim senhor, um belo passeio :)

      Beijinhos e força para amanhã!

      Excluir
  9. Foi um prazer poder ter tirado a foto com o "MAH" 😍.
    Saudades deste ambiente maravilhoso.
    Uma manhã fantástica, numa causa fantástica e com a presença de pessoas fantásticas.
    Gostava de ter estado com o nosso casalinho Isa e Vitor, mas não hão-de faltar oportunidades 😉. (Isa, a tua mãe está fantástica 😉😉😉😉)

    Agradeço muito a nossa Mafaldinha pela "sessão" e pela maravilhosa companhia 😍

    João, continua assim, sempre com cabeça e tudo correrá bem, acredita.
    Vamos todos estar a torcer muito por ti, no dia do Porto, tu sabes 😍

    Beijinhos e obrigada pela vossa amizade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A vossa presença tornou este dia mais especial :)

      Beijinhos e tudo a correr pelo melhor :)

      Excluir