domingo, 22 de maio de 2016

Na muito bem organizada Corrida de Alverca

Os 4 ao Km presentes, eu e Luís Feio

2ª edição da Corrida Cidade de Alverca que foi um exemplo de organização por todo o cuidado e atenção que os organizadores tiveram com todos os pequenos pormenores, tanto no dia da prova como nos meses anteriores com o envio de mails contendo informações e notícias importantes sobre o evento.

Está assim de parabéns a Portugal Talentus, que contou com o sempre imprescindível apoio técnico da Xistarca mais o apoio da Junta de Freguesia de Alverca do Ribatejo e Sobralinho, Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, IPDJ e Força Aérea Portuguesa, com o ex-libris da corrida ser a passagem pela pista de aviação pioneira em Portugal.

No ano passado a prova já tinha merecido fortes elogios mas este ano com a mudança de percurso ganhou um reconhecimento ainda melhor. Além do facto de ter passado de sábado à tarde para domingo de manhã, o que diminuiu  as hipóteses de se repetir a forte canícula que marcou a edição inaugural.

Para mim, esta prova constituiu mais uma luta pelo objectivo que me persegue desde Fevereiro de 2007, o baixar finalmente dos 50 minutos aos 10. É para isso que estou a treinar agora nesta fase de intervalo entre Maratonas e esta foi mais uma preparação.
Para quem me segue há pouco tempo, posso muito resumidamente dizer que já estive várias vezes à porta desse tempo mas tudo sucedeu a impedir. Desde corridas que não chegavam aos 10 km exactos e onde seguia com média capaz de baixar dos 50, a pé torcido, a pé partido, tudo aconteceu nos momentos chave. O record mantém-se assim, teimosamente, em 50.08 à espera que um dia se dê o milagre, só me faltando cair um satélite em cima quando estiver para cortar uma meta no minuto 49, como costumo dizer de brincadeira. 

Hoje, sentia-me um pouco na incógnita de como o corpo iria reagir após o grande desgaste de 4ª feira mas iria começar a tentar um bom ritmo e depois logo se via. Não seria o "dia de glória" mas de imprimir um bom ritmo para estudar para próximas oportunidades pois essa é a minha dificuldade, o equilíbrio entre um ritmo inicial necessariamente mais controlado mas que não coloque em causa o tempo final nem faça a energia esgotar antes de tempo.

E foi assim que fiz 6 fantásticos quilómetros pois segui a média para realizar 51 muito baixo (marca que não faço desde final de 2013) e com indicações muito boas pois sentia-me solto e bem.
O receio que tinha de o desgaste de 4ª poder influenciar, funcionou ao contrário pois deu a sensação de estar mais aberto. E o melhor era a sensação de estar confiante em conseguir manter o ritmo até ao final. Mas... 

Mas... ao chegar à longa recta de um quilómetro na pista de aviação, mesmo junto ao rio, apareceu pela frente um adversário inesperado em forma de vento contra. 
Tentei o melhor mas o certo é que tinha feito os 2 últimos quilómetros em 5.04 e este passei para 5.24. Ok, perdi 20 segundos mas ainda dava bem para dentro do minuto 51. Daria, se não fosse o desgaste que apareceu por tentar vencer o vento o mais rápido possível. 
Vinha dum ritmo bom e certo e aquele vento alterou a pulsação e nada mais foi igual nesses 3 quilómetros finais.

À entrada do último quilómetro já era claro que afinal o tempo seria na casa dos 52 e não 51 e aí funcionou, ou melhor, deixou de funcionar, a cabeça pois a parte anímica quebrou e arrastei-me nesses mil metros finais a subir. 

Cortei a meta em 53.10 o que mesmo assim é a melhor marca do ano, batendo por 7 segundos o que tinha conseguido em Constância.
E, tornando a referir o mesmo assim, aconteceu uma coisa que é rara em mim. O meu lugar é na 2ª metade do pelotão. Foi aí que terminei por 345 vezes em 367 provas realizadas, Hoje foi das raras vezes que terminei ainda na 1ª metade (atrás de 285 e à frente de 291 companheiros de estrada). 

Apesar de saber que podia ter sido bastante melhor, tenho que potenciar estes sinais, em especial a facilidade do ritmo nos primeiros 6 antes do vento dar cabo de mim, e olhar para as próximas, à espera que um dia ainda seja possível aquilo que escapa desde 2007 e ignorar o peso do factor idade :)



Entretanto, ontem foi dia de adquirir novos sapatos de corrida (digo sapatos de corrida para ser estendível por todo o país e não ténis ou sapatilhas!).

O meu esquema é de usar em corrida os sapatos novos e os anteriores em treino. Ora assim, quando os de treino ficam desgastados, os de corrida ainda estão bons e passam para treino.

Estes foram os 13º que comprei, sendo os 10º Adidas Supernova Glide, modelo que não quero trocar pois resolveu-me problemas que sofria pela especificidade da minha passada.

Curiosamente, com este modelo comecei na versão 1 e agora já vai na 8.

Já foram amarelos, brancos, laranja, cinzentos, pretos, verdes, este ano o modelo está em azul.

Logicamente não os usei hoje, pois nunca experimento nada em corrida. Farei um treino com eles durante a semana e no próximo domingo terão a estreia oficial na Corrida de Belém, o que até é indicado por serem azuis. Tal como o facto de irem à Maratona do Porto.

Apresento-vos os meus novos pneumáticos:


30 comentários:

  1. Parabéns pela melhor marca do ano. Não deixes de acreditar que vais conseguir baixar dos 50. Já mostraste em várias ocasiões que a idade não será impedimento. Grandes ténis,os meus são iguais em verde, é o modelo 7. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O modelo 7 verde é o que tenho estado a utilizar e que fizeram a Maratona de Barcelona :)

      Sim, não deixo de acreditar. Como costumo dizer, nem que aos 80 já ande de bengala e continue a esfregar as mãos a dizer que é nesse ano :)

      Um abraço e obrigado

      Excluir
  2. Agora é que vai ser tenho a certeza. Desta vez não há falhas! Vais menos baixar dos 50 minutos aos 10 km!
    Como sabes não morro de amores por provas de 10 km mas gostava de fazer essa até por razões afectivas: um saudoso tio trabalhou nessa base muito anos e fez parte do pioneiros da aviação em Portugal, era mecânico. Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos ver Jorge, vamos ver.

      Quanto a ti, apontamos para 2017 para ires a Alverca? :)

      Um abraço e obrigado

      Excluir
    2. 2017 em Alverca? Vamos ver, vamos ver! Deixei de fazer plano a longo prazo! :)

      Excluir
    3. Se o Jorge Branco vier a Alverca em 2017, a Macarena não falta!!

      Excluir
    4. Eh lá... está lançado o desafio! :)

      Excluir
    5. Se a Anabela também for vou pensar nisso! :)

      Excluir
    6. E pronto, lá vou ter em 2017 a companhia dos meus amigos Anabela e Jorge :)

      Excluir
    7. Está feito! Vão as duas!! ;)

      Excluir
    8. O Perneta não pode prometer nada a esta distância, mas se o Barbudo, a Macarena e o Torpedo Amarelo vão, o Perneta-Mor e o Moi-Même farão os possíveis e os impossíveis para estarem presentes tb... pronto ... tá dito, tá dito.
      Abreijos

      Excluir
    9. Olha que eu tenho boa memória :)

      Excluir
    10. Venham todos a Alverca em 2017, faxavori. :)

      Excluir
    11. João Lima ... ficas encarregue de me avisar quando as inscrições abrirem :)
      Abraço

      Excluir
    12. Fiquem todos descansados que avisarei. Este ano foi em Janeiro :)

      Excluir
  3. Grande tempo João! Os primeiros 6 km são um bom indicador, depois estavas a correr contra o vento e isso nunca é fácil. Eu também sinto que é desta :) Esse recorde vai ter que cair|

    E ainda por cima com novos "pneus"!?! Está garantido ;)

    Beijinhos e muitas e boas corridas com os novos ténis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Isa!
      O que me está a dar muita confiança foi a facilidade com que fiz esses 6 km àquele ritmo. Mas não me quero entusiasmar pois em 9 anos já senti muitas vezes que era a altura e não foi (mas aqui que ninguém nos ouve... tenho esperança!)

      Beijinhos :)

      Excluir
  4. Fantástica prova amigo :)

    Continua assim e verás que mais tarde ou mais cedo o que tanto desejas, se realiza :)
    Ninguém diz que é fácil, porque se fosse... não tinha piada nenhuma e não andavamos atrás do sonho há tanto tempo... mas... nada é impossivél e muito menos com a forma que andas :)

    Esses novos "azulinhos" ainda vão fazer história :)

    Beijinhos

    Sandra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Sandra!
      Vamos ver, vamos ver... :)

      Beijinhos

      Excluir
  5. Excelente João, mesmo não tendo conseguido o que pretendias existem excelentes indicativos, como esses tais 6km iniciais. Bem bom. Boa sorte com esses novos sapatos de corrida :), gosto da cor :)
    Grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Carlos!
      Há que passar dos indicativos aos finalmente :)

      Um abraço

      Excluir
  6. Muito bom tempo, João!! Já há muito que não me proponho baixar dos meus 58 minutos. Tenho de começar a pensar nisso...
    Gosto muito dos novos amigos. Esse azul é muito bonito. Oxalá te levem longe!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Anabela! :)

      Beijinhos e força para os sub58 :)

      Excluir
  7. Cuidado com o lixo espacial, já os gauleses diziam!

    Experimentei as Glide 7 ou 8, estão na (para os teus patrocinadores não ficarem melindrados vou escrever assim na diagonal) francesa azul e branca, que tem lojas em todo o lado, começa por DECA, acaba em LON e tem TH no meio, e gostei.

    Claro que passo do 43 1/2 ou 44 para o 45 mas gostei da sensação.

    Só encontro é azuis ...

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi mesmo na Decathlon que os comprei (pela maneira como referiste o nome, também gostas de ouvir o Markl, eh eh)

      Sim, por enquanto cá só há em azul

      Um abraço e obrigado

      ps - Mas os gauleses também diziam que hoje não seria a véspera desse dia :)

      Excluir
  8. Foi mesmo na Decathlon ;), mas estavam marcados como Glide 7...isto na da Amadora/alfragide.

    Achei estranho, pelo aspeto e pelo preço.

    Ainda não voltei lá para ver se corrigiram.

    Também apenas as vi em preto, online... mais vale azul.

    Sim e exacto;)

    Abraço

    ResponderExcluir
  9. Estão apresentados os pneumáticos que te vão levar à vitória do sub-50! ;)
    Parabéns pelo bom resultado!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esperemos que sim :)

      Beijinhos e obrigado!

      Excluir