quinta-feira, 2 de maio de 2013

Portuguesa Filipa Elvas foi a única de 30 mulheres a conseguir terminar a Maratona da Grande Muralha da China!


A grande Muralha da China também é palco de uma Maratona, bem dura por sinal, com os seus 20.000 degraus e constantes desníveis, onde constam rampas muito inclinadas, além do piso traiçoeiro e da distância ser superior ao nome que ostenta, 45 kms.

Na edição deste ano que se disputou ontem, o tempo limite estipulado foi de 8 horas, feito apenas alcançado por 15 dos 140 atletas presentes. Deles, temos o 4º classificado, Álvaro Leite e Filipa Elvas, a única das 30 atletas femininas presentes a classificar-se, vencendo naturalmente a prova.

Filipa Elvas de 37 anos e Álvaro Leite de 41 são ambos tripulantes da TAP e treinaram afincadamente durante os últimos 4 meses, 6 vezes por semana com muitos treinos a subirem os degraus das bancadas do Estádio Nacional para se habituarem ao que iriam encontrar, onde alguns degraus têm que ser transpostos com a ajuda das mãos!

Os nossos parabéns e reconhecimento por este grande feito!

9 comentários:

  1. Os meus parabéns a esses excelentes atletas que, como de costume, vão ser ignorados pela dita impressa desportiva!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Notícia curta e de rodapé e a obrigação fica feita, que é o costume...

      Excluir
  2. Estão ambos de parabéns!
    Belo desafio.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dizes bem, deve ter sido mesmo belo.

      Beijinhos

      Excluir
  3. Se uma maratona já é o que é, imagino o que deve ser uma com escadas, declives, etc. O mais admirável, para mim, é mesmo a necessidade de ter a concentração a 200% durante quase todo o percurso.

    Um feito notável, mesmo. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois... eu nem imagino!!! :)

      Um abraço

      Excluir
  4. Eu tenho a dizer que me apaixonei pelas corridas à conta de ter conhecido a vida e o percurso de um ultra-runner português. Já corria há cinco anos, mas muito indisciplinada: corria de vez em quando e era se não chovesse... :) Desde Janeiro deste ano é que comecei à séria. :)))
    Sou fã das ultra-maratonas e não posso deixar de louvar o feito desta mulher e de tantas outras que se aventuram nesta vida maravilhosa que é correr. E, sobretudo, correr apaixonadamente. Só quem corre assim faz coisas destas!

    Parabéns à Filipa, em primeiro lugar, mas também a todos que têm a coragem de ir mais além...

    ResponderExcluir
  5. Bravo, Filipa e Álvaro!
    Parabéns!

    ResponderExcluir