domingo, 18 de setembro de 2011

Os destaques da Corrida do Destak


A primeira fotografia oficial dos 4 aos Km, com a nossa fotógrafa incluída e tudo!


4ª edição da Corrida do Destak, 10 quilómetros entre Carcavelos e Cascais, como se se tratasse da continuação da Corrida do Tejo, um evento que já ganhou raízes pela sua elevada participação.
Recorde-se que no primeiro ano, 2008, estreou-se com 1.174 atletas na meta para logo no ano seguinte aumentar quase para o dobro, 2.226. O ano passado desceu um pouco 2.166, mas este ano deu novo e significativo salto quase chegando aos 3 milhares, 2.941, o que significa um aumento de 715 em relação ao record anterior e 775 sobre o ano passado.


João Marques corta a meta como vencedor


Partida a horas, percurso bem marcado e com as devidas placas quilómetro a quilómetro, reabastecimentos aos 3 kms, 6 e chegada, trânsito cortado nas duas faixas ao nosso dispor (sentido Cascais-Carcavelos), caminhada de 3 kms com correcta separação à chegada, cerimónia de pódio bem visível para todos, o único aspecto que terá falhado foi no primeiro abastecimento, um quarto dos atletas já não teve direito a garrafa. Uma falha a rever pois era sabido antecipadamente o número de inscritos.
O balanço é pois francamente positivo, só não o sendo na totalidade pelo aspecto referido, e com números de participação como os de hoje, tudo se conjuga para a continuação desta prova (festiva) nos próximos anos.

A temperatura estava muito agradável, a benesse do nem calor nem frio, apenas o vento assustou mas durante a prova não se fez sentir de forma exagerada.


Pódio masculino

João Marques do Reboleira bisou a vitória alcançada no ano anterior, perfazendo 32.11, batendo os 3 atletas do NucleOeiras que se seguiram, Luís Lima a 16 segundos, Hernâni Santos a 29 e Luís Rações a 38.


Pódio feminino

No sector feminino, a veterana benfiquista Lucília Soares triunfou em 40 minutos exactos e um avanço de 3 segundos sobre Catarina Ferreira dos Joaninhas de Leião, uma atleta que muito tem progredido. Completou o pódio Maria José Frias dos Amigos Atletismo Mafra a 51 segundos.

Dos 2.941 classificados, 532 eram atletas femininas o que dá uma excelente média de 18,1%


Sobre a minha corrida, tenho que confessar que hoje não era um dia que esperasse fazer o que realizei. Tinha como objectivo realista 54 podendo chegar aos 53. No aquecimento nem me senti grande coisa, o que já começa a ser um hábito, mas corrida iniciada e logo cheguei a um ritmo que pensei ser rápido demais. Mas senti-me bem e com a respiração controlada, deixei-me ir.
Os 9 primeiros quilómetros foram de uma regularidade impressionante, quase todos iguais ao segundo e sempre abaixo dos 5.09
No final, com o tempo a prever 51 baixo, dei o tudo por tudo, fazendo 4.44 nesses últimos 1.000 metros e ainda chegando dentro do minuto 50, mais concretamente 50.55, o que me deixou muito feliz.
Desde que me iniciei em 2006 e com perto de 100 corridas nesta distância, apenas por 4 vezes tinha entrado neste minuto, duas vezes em 2007 e duas este ano. O tempo de hoje passa a constituir a minha 5ª melhor marca, 3ª do ano, vindo a comprovar que aquele plano que gizei em Julho, está a dar os seus frutos.
O que mais me impressionou foi o ter acontecido de forma tão natural e controlada, o que me abre excelentes perspectivas para no futuro chegar àquele meu velho sonho de mais de 4 anos, de baixar dos 50, minuto 49.
De assinalar que quando falo de 50.55, refiro-me ao tempo que para mim conta, meta a meta, sendo o oficial de 51.52 pois demorei quase 1 minuto para conseguir chegar ao pórtico para a partida. Todos os tempos que indico são sempre o que apelido de tempo real.
Classifiquei-me em 1.205º entre 2.941 e no escalão M50 em 132º entre 259 atletas.

Os meus 5 melhores tempos de sempre aos 10.000 passam a a ser:


Os dois de 2007 fora ambos no mesmo mês, os três de 2011 foram repartidos por Janeiro, Abril e Setembro, o que revela consistência.

Os 4 ao Km tiveram a maior representação da sua ainda muito curta existência, classificando-se em 90º lugar entre 115 equipas, sendo a primeira vez que aparecemos numa classificação colectiva.

E por falar em 4 ao Km, fiz jus ao nome da equipa pois 4 ao Km não significa que sejam 4 exactos, podem ser 4 minutos e alguns segundos. Ora com 50.55 em 10 kms, a minha média foi de 4.65...
Digam lá se não estou certo!!!




4 comentários:

  1. Grande João!
    Es um especialista em provas de 10 quilómetros e um verdadeiro papa provas!
    Tenho muito mais anos que tu de Corrida mas muito menos, mas mesmo muito, provas que tu!
    Fico muito feliz pelo teu tempo.
    “Destako” que não te viste Grego na prova e ainda bem!
    Lá nos vamos encontra no dia 2 mas só antes da prova. Não tenho andamento canhão!
    Curiosamente nunca gostei de provas de 10 quilómetros! Sempre foram muito curtas para mim!
    Já agora deixa-te dizer que a vossa equipe é linda!
    Aquele abraço!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns João, por mais esta prova e tempo

    ResponderExcluir
  3. Olá João,

    Fiquei muito feliz pelo tempo que fizeste, prova de muita luta, garra, determinação e força de vontade.

    Quanto aos 4 ao Km - Obrigado ao João Branco pelas palavras simpáticas, eu tenho muito orgulho de pertencer a este clube e o João Branco terá também um lugar no nosso clube : )

    Beijinhos

    Sandra

    ResponderExcluir
  4. Parece que esse plano o vai levar a baixar do minuto 50 mais depressa que imagina...:)
    Força e bons treinos!!

    ResponderExcluir