sábado, 25 de agosto de 2018

Regressei aos 30

Depois de escrever o título, notei que pode ser mal interpretado. Não, não regressei aos meus 30 anos que isso não se pode andar a saltitar. Além de que ainda não cheguei lá. Só daqui a pouco mais de ano e meio é que faço 30 (em cada perna...).

Mas como este blogue é lido na sua quase totalidade por atletas, logo perceberam o significado. Regressei hoje aos meus amados treinos de 30 quilómetros. 

30 é o treino que gosto de fazer para ir preparando correctamente a máquina para o que há-de vir. E o que há-de vir é, como se sabe, Valência em Dezembro e Sevilha em Fevereiro.

No meu historial foi o 25º treino de 30 quilómetros, mas esse número foi muito inflacionado pelo ano passado onde teve à sua conta 11.
Como curiosidade, fiz 1 em 2012, 1 em 2013, nenhum em 2014, 6 em 2015, 5 em 2016, 11 em 2017 e 1 agora em 2018 (para já...).

O último tinha sido há cerca de 10 meses e, como a minha forma ainda está em reconstrução, estava um pouco apreensivo. Mas tive uma ajuda preciosa.

Nos 24 anteriores, apenas contei com companhia em 3 ou 4. Hoje tinha um esquema combinado, conciliando o meu treino de 30 com um treino de 18,5 da Tânia, Raul e Paulo.

O esquema foi assim elaborado: Começava às 6 no Inatel e fazia os primeiros 11,5 sozinho, para o lado de Carcavelos. Aos 11,5 passava no Inatel onde estavam à minha espera à hora calculada, faziam os 18,5 e eu aproveitava companhia para essa 2ª fase do treino.

Assim foi. Dei o tiro de partida imaginário às 6 (para quem é rigoroso foi às 6.02) ainda com noite, vendo o sol nascer por volta dos 9 km. Aos 11,5 juntámo-nos e aí fomos.

O Raul e Paulo, sendo dum andamento mais queniano, seguiram enquanto eu e a Tânia fomos no nosso ritmo que nesta fase é muito similar.

Foi uma preciosa ajuda pois fomos sempre na palheta, também sinal que a respiração estava devidamente controlada, e quando assim é os quilómetros passam de outra forma e nem tempo temos para equacionar se já vamos cansados ou não. 

Demos a volta em Algés e regressámos ao Inatel. Fui sempre bem e folgado. Apenas por volta dos 23 senti um ligeiro cansaço mas como veio, passou.

No final, só tínhamos razões para festejar. A Tânia porque ultrapassou o seu anterior treino mais longo (já fez Meias mas em treino ainda não tinha chegado aos 18,5) e eu cumpri os 30, sempre bem, continuando a recuperação que este mês tenho sentido e para a qual muito tem contribuído o ter podido regressar aos 5 treinos semanais, o que andou tremido em Junho e Julho pela entorse no tornozelo.
Um enorme muito obrigado à Tânia pela excelente companhia entre os 11,5 e os 30! Sozinho teria sido mais duro e difícil.

E com estes quilómetros, regressei igualmente aos mais de 200 quilómetros num mês. Algo que até ao início de 2016 nunca tinha conseguido, tendo nesse ano alcançado em 6 meses e no ano passado em todos os meses do ano, excepção natural a Dezembro pois só pude correr até ao dia 13 (a 14 fui operado).

Assim, e estando ainda no dia 25, somo 208 no conta-quilómetros mensal e isso em mim faz toda a diferença.

Ah! Faltou dizer o tempo que marquei no treino. Foram 3.20.29. Um tempo que parece pró fraquito mas para esta fase do treino considero bom. 

Faz agora um ano (mais exactamente na 2ª feira 27) que alcancei o meu record aos 30, em 2.52.21
Sem querer comparar pois estou a reconstruir uma forma enquanto há um ano estava na minha melhor forma de sempre, não pude deixar de me impressionar como é que há um ano atrás fui 28.08 mais rápido, a caminhar para 1 minuto mais veloz por km!
É nas alturas que não estamos em grande forma que mais nos surpreendemos com o que já alcançámos.

Antes de publicar este artigo, fui fazer uma pesquisa e fiquei surpreendido. É que o tal meu treino de hoje, com o tempo que referi como pró fraquito em condições normais, afinal foi o meu décimo melhor tempo em 25 treinos de 30... 

Uma boa semana a todos e sejam felizes!

18 comentários:

  1. Muito bem, amigo João!
    O primeiro de 30 já meteste no bolso! Parabéns!
    Continuação de bons treinos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A ver se encho o bolso :)

      Muito obrigado e beijinhos

      Excluir
  2. Tão bom :) Parabéns pelo treino, João! Fico mesmo feliz por ti e por saber como é importante para ti este voltar a estes treinos que assinala mais um passo em direcção a Valência e Sevilha :)

    Afinal um tempo "pró fraquito" não foi nada mau... E tenho a certeza que os próximos serão melhores!

    Que hoje o dia seja de recuperação :) um beijinho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Inês! :)

      Sim, estes treinos são muito importantes para mim, fisica e mentalmente.

      O dia de hoje, mais do que de recuperação, está a ser de preguiça :)

      Beijinhos e boa recuperação

      Excluir
  3. João, parabéns pelo treino de 30, que máquina que és!!! Que orgulho. Obrigada por me teres acompanhado no meu treino mais longo de sempre e por seres o incentivo e exemplo que és. Beijinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitos parabéns a ti pelo treino e pela evolução. Tal como te disse, nota-se na tua passada :)

      Beijinhos e força!

      Excluir
  4. Verifico que no passado dia 25 atingiu os 208K este mês. Como reparo que aprecia estatísticas, aproveito, apenas por curiosidade, para o informar que em Julho terminei o mês com 208K e que este domingo completei... 208K em Agosto.
    Tambemeu ando na fase dos longos... para Lisboa e Sevilha.

    Bons treinos
    João R

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coincidências giras! :)

      Muita força para Lisboa e Sevilha!!!

      Um abraço

      Excluir
  5. Boa! E o teu pé, nos conformes? Os treinos de 30 são realmente um marco, tão importantes na caminhada.. Força, João. Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pé nos conformes! :)

      Muito obrigado Filipe, um abraço!

      Excluir
  6. Parabéns João.
    Treino de 30 K não é para qualquer um.
    O meu aquiles esquerdo lembrou-se de "acordar" novamente e , lá endo eu em tratamento :(
    Enfim, haja paciência.
    Um abraço
    MIKE
    Happyrun

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Mike e muita força nessa recuperação!!!

      Um abraço

      Excluir
  7. Leio isto hoje e ainda ontem o meu pai me dizia que gostava imenso de regressar aos 30... anos!
    Os longos de 30km são mesmo um marco. Um dia hei-de fazer um. É que apesar de tudo, o meu treino mais longo continua a ser de 25km.
    Ter sido o 10º em 25 treinos é muito curioso. Perdi alguma coisa pelo caminho, não tinha noção que havia Sevilha para o ano! Força!! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eh eh, perdeste mesmo algo pelo caminho. Se quiseres, podes ler aqui sobre Sevilha:
      https://joaolimanet.blogspot.com/2018/08/24-sapatos-e-sevilha.html

      Um abraço e força nesses treinos! :)

      Excluir
  8. Excelente … já tenho saudades destes longos :) … estando de volta às rotinas e a estas coisas da blogosfera corredora fico mesmo contente por ver que continuas a evoluir e bem. Aquele abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Carlos! E como vai essa preparação para a que está à porta?

      Um abraço e força!!!

      Excluir
    2. Não vai :):):) … daqui a pouco publico no meu cantinho. Mas não te preocupes que não é por lesão nem nada disso :)
      Grande abraço

      Excluir
    3. Opps...

      Fico então a aguardar

      Grande abraço

      Excluir