sábado, 15 de abril de 2017

A minha nona na Vila Poema, Constância

Com o Sequeira que foi a nossa (sempre excelente) companhia de viagem.
E reparem no meu número de elite! :)

Não há volta a dar! Todos temos as nossas paixões e as paixões não se explicam. E se tenho um carinho especial por muitas e muitas provas, cada uma com um "je ne sais pas quoi" que nos toca de maneira especial e diferente, no capítulo de 10 quilómetros a minha maior paixão passa pelo percurso e envolvência de Constância.

Assim, não é para admirar que, e apesar de ainda ficar a alguma distância, desde que a conheci em 2007 (por acaso de forma acidentada pois torci o pé no aquecimento, forçando-me ao abandono nos primeiros metros!) apenas falhei (forçadamente) em 2009 quando recuperava da fractura do pé esquerdo.
No calendário pessoal e familiar, já se sabe, sábado de Páscoa igual a Constância.

E esteja em boa ou má forma, arranco sempre boas marcas, com excepção propositada de 2015 pois faltava apenas uma semana para a Maratona de Paris e não podia entrar em loucuras, correndo em ritmo de treino.

De 2011 a final de 2016, o meu record aos 10 pertencia a Constância com 50.08, até arrancar aqueles 48.42 no GP Natal. Não contava bater este actual record mas gostava muito de alcançar aqui o meu 3º sub50, após o 2º na APAV. 

Pouco após a partida

Como se devem recordar do meu relato de domingo passado, nesse dia apareci constipado, o que potencia o problema pulmonar que tenho (bronquiectasias). Nos treinos de 4ª e 5ª experimentei puxar um pouco e senti logo os pulmões a arderem. Mas não desisti de hoje tentar, depois logo se veria. 

Ora, a boa notícia é que esse problema pulmonar já não se manifestou, devido às melhoras da constipação, mas a má é que ainda continuei um pouco entupido.


Aí vai o pelotão a serpentear junto ao rio
Imagine-se um carro capaz de dar 200 à hora no seu limite. O que sucede se entupirmos um pouco o carburador? Ora o seu máximo já não se situará nos 200 mas talvez nos 180.
Foi o que me sucedeu. Dei o máximo em todo e qualquer momento da corrida mas faltaram-me uns segundos por km, devido ao entupimento na respiração, o que resultou num tempo final de 51.34.

Paciência, não foi possível mas estou de consciência tranquila pois não podia dar mais nada que fosse.
Também esteve um pouco de calor mas sinceramente acho que esse factor em nada influenciou.

Mantive foi o meu velho hábito daqui. Por mais que digam que a segunda parte é mais difícil que a primeira, é nessa parte que ainda consigo correr melhor. 26.11 na 1ª e 25.23 na 2ª.


A aproximar da meta
E pronto, a sensação habitual ao cortar a meta na Vila Poema, o pensar que ainda falta um ano para tornar a percorrer este belo percurso!

E por belo, de seguida fomos conhecer Dornes, que muito nos agradou.

Próxima prova, dia 23 a Estafeta Cascais-Lisboa (faço o 4º percurso)

Uma boa semana a todos e uma Feliz Páscoa!






O troféu de participação, não esquecendo Luís Vaz de Camões

12 comentários:

  1. Numero 2? Mas tu és numero UM SEMPRE!
    Terça-feira os ares Ribatejanos desentopem-te o carburador. E se gostasses das aguas termais do Cartaxo até se podia fazer um desvio por lá! Mas tal como eu não és apreciador dessas aguas termais! Aquele abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gosto muito de água mas dessa não :)

      Um abraço e força!

      Excluir
  2. Hmmm ... vou dizer à Mafalda para se por a toques ... essa Constançia que se ponha fina e tu tb ;) ... quando não dá não dá.
    Grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas olha que a Mafalda vai sempre a Constância... :)

      Um abraço!

      Excluir
  3. Dorsal Elite, mas há dúvidas????

    Tu gostas é de subir, por isso é que a 2ª metade é sempre melhor :)
    Até porque se bem me lembro apenhas sempre vento, seja numa direção seja noutra...

    Anda não foi este ano que fui a Constância, aliás, este ano o fim de semana Pascal nem foi para essas bandas.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entre subir ou descer, prefiro subir pois não tenho jeitinho nenhum a descer...

      Um abraço

      Excluir
  4. Grande João. Até mesmo com o carburador entupido corres que te fartas :-).
    Domingo lá estaremos...e também faço o 4º percurso :-)
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa! Assim estaremos os dois lá! :)

      Um abraço e força para domingo

      Excluir
  5. Parabéns João!
    Apesar de tudo, fizeste um grande tempo. E principalmente, foram momentos bem passados em família.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Vitor

      Muito bem passados!

      Um abraço e força para domingo!!! :)

      Excluir
  6. Mais uma vez foste feliz em Constância :)
    Bela prova!
    Beijinhos amigo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre feliz em Constância!

      Beijinhos e... FORÇA!

      Excluir