domingo, 28 de junho de 2015

Nas Fogueiras a 10 segundos dum record de 15 km com 8 anos


Pela 8ª vez em 10 épocas, estive na Corrida das Fogueiras, local obrigatório de visita no último sábado de Junho.

Este ano com nova partida, para evitar o afunilamento inicial e permitir uma maior participação, facto que resultou em 2.728 classificados, batendo em quase 400 o anterior máximo.
Para compensar o adiantamento da partida, acrescentou-se uma volta por Peniche ao 13º quilómetro.

Como sempre, o povo penichense saiu à rua em grande, e a nova partida permitiu um início com entusiástico público a vibrar com todo o pelotão. 
Aliás, fiquei com a sensação que este ano havia ainda mais apoio. Este povo é incansável!

É sabido que estou num bom momento de forma, fruto de todo o trabalho que tenho vindo a desenvolver desde Novembro, aliado à ausência de qualquer lesão ou maleitas (como tive várias o ano passado).
E como quanto mais treino, mais sorte tenho, a intenção desta prova era dar o máximo. O objectivo primário era estabelecer a melhor marca desta Corrida (1.24.10 em 2011) e aproximar-me o mais possível do record absoluto dos 15 km, valor que seria muito difícil de alcançar pois é de 1.20.20

Foi a 11 de Novembro de 2007 que na 3ª Corrida pela Saúde (Hospital Amadora-Sintra) registei essa marca. 4 anos depois, na 29ª Corrida dos Sinos em Mafra quedei-me a 2 segundos (!) e este ano na 34ª Corrida Internacional do 1º de Maio fiquei a 23 segundos.

Este percurso não é tão favorável a marcas, principalmente a pessoas com um problema de visão que as faz ver menos que o normal à noite, o que retira alguma confiança na passada em especial na subida de 4 quilómetros onde reina mais escuridão. Apesar deste ano ter levado uma lanterna que auxiliou mas tenho consciência que com luz natural teria outra confiança na passada.

Consciente destas dificuldades, ignorei-as, pois a intenção era o ataque máximo. O resultado final logo se via.


E foi uma corrida diferente para mim. Ao contrário do habitual, a ir para o retorno não reparei quem liderava nem os perseguidores. Não reparei nas crianças com as mãos estendidas e, se me perguntarem o que achei do quilómetro novo, não sei opinar. Fui de tal maneira concentrado, que a minha energia era sempre para a próxima passada, abstraindo-me do resto, apesar de ouvir todo o apoio.

Desde cedo que ficou garantida a melhor marca das Fogueiras, e por boa margem (acabaria por serem 3.40 a menos) mas o resto logo se via. Dar o máximo!

Aos 10 quilómetros foi a única vez que fiz contas. Passei exactamente em 54.00, o que daria 1.21.00 na meta. 40 segundos de diferença para recuperar em 5 quilómetros, ainda afastava mais a já de si remota hipótese de bater o record absoluto de há 8 anos. Mas não quis saber. Atacar!

E foi assim, nunca cedendo um só segundo, que fui até à meta. E sem ver o tempo para não desperdiçar fracções de segundo. 
Com a meta à vista, dei tudo o que ainda tinha para dar. Corto-a e olho para o relógio. Relógio que dá os minutos e segundos mas a partir da hora apenas apresenta horas e minutos. 
Marcava 1.20, momento de emoção, o coração bateu mais. Quantos segundos seriam? Terei conseguido bater aquela marca histórica. Fui até aos segundos e... 30

1.20.30, fiquei a escassos 10 segundos. Sei que dei tudo, que este tempo, neste percurso e condições de luz vale mais que o outro bem mais acessível, mas... não pude deixar de sentir um certo amargo de boca.

E amargo de boca porquê? É que o record não era recente. Vem de há 8 anos e ontem estive muito perto de o bater. 
10 segundos ainda são 10 segundos, mas não chegam a um segundo por quilómetro. Para ser exacto, fiquei a 67 centésimos de segundo por quilómetro...

E daria um gozo ainda mais especial passar a deter o record feito com 47 anos quando tenho 55.
Não há como dar a volta, nesta idade vão-se perdendo segundos a cada ano que passa. Mas, não me digam nada pois eu continuo a ignorar essa realidade. Até quando não sei. Apenas quero aproveitar o momento.

E o momento que se segue é, a partir de amanhã, o início de preparação para a tão temida Maratona de Lisboa. 
Nestes dois meses que se seguem, a única prova será daqui a 2 semanas na Lagoa de Santo André, pois esta é daquelas que também não se podem perder.



  

30 comentários:

  1. A corrida das Foqueiras é uma das que terei de fazer. Pena que coincide com boas provas que por aqui se realizam. Parabéns pela tua prestação e quanto aos minutos ou segundos, não passam disso mesmo... como costumo dizer, já fazemos mais dos que aqueles que, ou ficam no sofá ou vão ver a bola ao café.
    Bons treinos. Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Elisabete

      Sim, tens razão mas... :)

      Beijinhos

      Excluir
  2. Parabéns pela prova. Fiz ontem as fogueiras pela primeira vez e foi uma experiencia fabulosa pelo apoio popular, pela lua, pelo crepúsculo e pelas fogueiras.

    Abç

    ResponderExcluir
  3. Já te dei a versão gráfica da ocorrência! Hi hi hi
    Ando parco em palavras escritas mas deixa-me dizer-te que deves estar na tua melhor forma de sempre! Parabéns!

    (Que ninguém estranhe, nem se zangue, mas, praticamente, só comendo e sigo o teu blogue. Estou em “serviços mínimos”! São fases!)

    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Jorge

      Tenho trabalhado muito para estar com este momento

      Um abraço

      Excluir
  4. Grande João! Parabéns! E sim, com a idade não se melhoram tempos mas isso é se todas as outras circunstâncias se mantiverem e apenas o factor idade for considerado, mas sabemos que temos (ainda) uma boa margem para melhorar, mesmo com a soma dos anos, e como? Alterando as ditas circunstâncias! Continuação de bons treinos, beijinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ou tendo a sorte de estar num momento isento de vários problemas que me foram afectando, em especial em 2014

      Beijinhos e obrigado, Ana

      Excluir
  5. Parabéns João, por mais uma prova bem conseguida!

    Ficaste a 10 segunditos... às vezes basta posicionarmo-nos melhor no pelotão... mas há mais oportunidades, e com a forma que estás, aproveita a próxima;)

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É aproveitar enquanto posso :)

      Um abraço e obrigado

      Excluir
  6. Muitos parabéns, João! Como diz o Jorge, estás/és um torpedo amarelo! :)
    Se andas a "perder segundos" com a idade, vá, imaginemos, uma média de 2seg/ano, isso significa que esses 10seg a mais, na verdade, acabam por ser um RP! ;)
    Continua com a mente sempre jovem!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim. E se compararmos a dificuldade do percurso entre esta e a que deu o record, ainda melhor! :)

      Bem tento continuar com a mente sempre jovem. Apesar de às vezes não me quererem deixar.

      Beijinhos e obrigado :)

      Excluir
  7. "Mas, não me digam nada pois eu continuo a ignorar essa realidade. Até quando não sei. Apenas quero aproveitar o momento."

    Continua a ignorar esse facto pois certamente te trará aquilo que desejas! Já muitos de 55 anos me deram coças em provas ehehe

    Parabéns mesmo assim! Até porque pelo que me disseram com a diferença na última parte do percurso a coisa ficou um bocado mais dura.

    Boa sorte para esses treinos, rumo a mais uma maratona! Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Vítor

      Eu que costumo decorar o percurso todo, nem te sei dizer se no final a coisa ficou um bocado mais dura pois ia completamente concentrado em dar o máximo, independentemente de tudo :)

      Um abraço

      Excluir
  8. ahhhh, a idade e coiso :)

    Sim, sim, mas velhos são os trapos!

    Estás num belo momento de forma, é aproveitar:)

    E não me faças falar dos octagenários nas subidas em Monsanto (LX). :)

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, mas quanto mais corriam os octogenários quando eram mais novos?
      Não há volta a dar, influencia e muito. Chega à minha idade e logo perceberás.
      Mas como eu finjo ignorar isso... :)

      Um abraço

      Excluir
  9. Tu estás é como o vinho do Porto! :))
    Caneco, faltou-te mesmo um Danoninho...

    Muitos parabéns, João!! Não tens nada a temer em Lisboa.
    Eu acredito!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Anabela :)

      Beijinhos e, uma vez mais, muitos parabéns por mais um grande feito! :)

      Excluir
  10. Parabéns grande João!

    Bela prova, especialmente atendendo às condições duras daquele dia (muito vento) e do percurso em si!

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado João!
      Pelas maiores dificuldades, valeu mais do que quando alcancei o record há 8 anos :)

      Um abraço

      Excluir
  11. Parabéns Campeão!
    Na próxima vai cair o recorde. ;)

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando será a próxima? Hum... 15 quilómetros... Lezírias não irei pois vai coincidir com Barcelona... pois a próxima de 15 deverá ser a 1 de Maio de 2016!

      Um abraço!

      Excluir
  12. Espectacular João... gosto muito dessa tua garra actual, a confiança que demonstras ... muitos parabéns, e a continuar assim vamos ter uns recordes mais tarde ou mais cedo ... mas agora esta na hora da Maratona, mais uma para o teu CV ... que corra tudo como desejas, que principalmente as lesões andem longe ... eu cá estarei na primeira linha a dar a minha forcinha :) Dá-lhe lume ....
    Grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha que coincidência. Eu também estou a gostar muito deste momento:)

      Obrigado Carlos! Um grande abraço

      Excluir
  13. Tu estás...IMPARÁVEL!
    E continua assim sem ligar a essas coisas da idade pois estás ainda em melhor forma que há 8 anos.

    Mais uma vez parabéns pela grande corrida. Se fosse de dia o recorde tinha caído :)

    Força amigo!

    Beijinhos grandes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado amiga

      Sim, se fosse de dia, caía

      Beijinhos

      Excluir
  14. Já nem sei que te diga....
    Olhando para trás uns meses nem dá para acreditar.... Passaste portanto e também lutaste tanto que mereces sem dúvida este momento que estás a viver na corrida!!! :D
    Estás um valente e só te podes orgulhar!!!
    Das fogueiras então!!! Só deve haver orgulho, pois 10seg e naquele percurso.... Foi muitoooooooo bom amigo!!! Foi fantástico!!! :) Só mostras que estás em GRANDE!!!

    Força para Lisboa!!!

    Estou a torcer, longe mas perto do coração!!! :))))

    GO JOÃO!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado, Marta, pelas tuas palavras

      Beijinhos

      Excluir
  15. Parabéns João!
    Estás melhor do que nunca, foi pena o record, mas tu sabes que conseguias.
    Força para os treinos que aí vem!

    Abraço

    ResponderExcluir