domingo, 12 de outubro de 2014

Estupefacto comigo na Meia da Moita

Os 4 ao Km presentes, eu, Vítor e Isa
O título pode parecer algo presunçoso mas é a mais pura das verdades. Se na Meia da Vasco da Gama intitulei que estava feliz, hoje, a juntar ao muito feliz, estou estupefacto pois a prova que fiz nunca me passou pela cabeça ser possível.

Depois de ter renascido repentinamente na Meia de Coimbra há 2 semanas, com 2.12.43, após um período difícil a nível de forma, marquei 2.07.12 na Vasco da Gama, o que para mim é um tempo muito bom para o momento actual. Por isso, a intenção hoje, e consciente que não conseguiria de modo algum fazer melhor que essa marca, ainda por cima aliado às difíceis condições atmosféricas com muita chuva e vento, apontava como o melhor possível 2.10, semelhante ao que tinha aqui registado há 2 anos na única incursão nesta popular Meia (2.10.18).

Após cargas de água impiedosas (a da altura que levantei os dorsais foi demais), os momentos antes da partida e os primeiros 5 km foram a seco. Já dizia que o S.Pedro era amigo dos atletas quando, catrapumba, uma carga daquelas veio arrefecer o corpo mas não o ímpeto. 
Efectivamente, após um primeiro quilómetro a aquecer, comecei a imprimir um certo ritmo em que sentisse que estivesse perto do limite para uma prova para esta distância e espantei-me pois o relógio começou a dar uma média bem melhor do que imaginava. 

Cheguei a recear que pudesse dar o estoiro mais à frente mas também não quis abrandar pois sentia-me bem e não havia sinais que me indicassem que o devesse fazer.

Assim continuei, sempre regular e rápido, até ao quilómetro 9, altura que acreditei que não iria quebrar e apertei mais o andamento. Apercebi-me que iria fazer uma marca melhor que na Vasco da Gama, o que era impensável nas minhas previsões antes do tiro de partida, e enquanto passava pelo centro da Moita (entre os 12 e os 13), concluí que se me mantivesse assim, poderia fazer uns 2.03 o que seria bom demais.

O que é certo é que, em especial entre o quilómetro 9 e o 15, via uma placa quilométrica e passado pouco tempo outra, sinal que me encontrava bem mas estava a chegar à parte mais dura do percurso (a partir do 14), com algumas subidas, não muito pronunciadas mas para quem vinha no seu limite, poderiam comprometer o ritmo.

Fui avançando, vencendo um quilómetro de cada vez. Sentia-me com força e deu para aguentar o momento mais difícil entre os 18 e os 20 a subir com o vento forte a empurrar para trás.

É então que chega a descida para a meta. Faço contas e concluo que irei ficar pelas 2.01, o que ainda me deu mais ganas, acabando por cortar a meta em 2.00.42, a escassos 43 segundos de baixar da barreira das 2 horas, algo que em 38 Meias apenas o fiz por 3 vezes. Se não houvesse o vento que estava... talvez hoje tivesse baixado dessa barreira.

Estava assim registado a minha 4ª melhor Meia de sempre (em 38 efectuadas) e de forma completamente inesperada e nunca sonhada, o que me deixou... estupefacto!

Desculpem o tom mais empolgante deste texto mas fiquei bastante feliz (e estupefacto!) com o atleta que fui hoje e que em certas alturas quase não me reconhecia.

E, como não pode deixar de ser, a minha maior alegria foi como os níveis de confiança, que até há 2 semanas estavam abaixo de zero, dispararam para o que vou realizar daqui a 3 semanas.

Aliás, toda a felicidade pela prova de hoje é com os olhos na Maratona do Porto. Maratona para a qual só tenho olhos e só vejo o número 42 em todo o local. 
Querem exemplos? Olhem para os segundos do meu tempo de hoje, 42. Reparem no meu dorsal, 68. O que tem 68? Passo a explicar. Quantos quilómetros tem uma Maratona? 42. E em milhas? 26. 42+26? 68!
(se com isto concluírem que ando obcecado com a Maratona... eu não desminto!!!)



40 comentários:

  1. Hehehe, grande João Lima.
    Eu hoje fui fazer a minha primeira meia, e bem determinado passaste por mim... já dava para perceber que hoje te estavas a sentir bastante forte.
    Parabéns e força!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E como te correu a primeira Meia?

      Obrigado e um abraço

      Excluir
  2. Grande João eu logo ali naquela ultrapassagem muito "corajosa" que me fizeste calculei logo que ias fazer uma grande prova ou então quebravas mais para a frente, como nunca mais te vi nem há Isa imaginei que iam bem. Parabéns e já agora te digo também que o regozijo é bem explicado e tem razão de ser, assim prevê-se uma excelente Maratona para o Porto. Até lá!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Joaquim Adelino e força para o próximo domingo!

      Um abraço

      Excluir
  3. Tão estupefacto para algo tão simples!
    Francamente não compreendo como um homem das tecnologias não entende o que aconteceu.
    Enfim lá vou ter de explicar-te:
    Com a chuva que apanhaste deve ter entrado alguma para os circuitos o que provocou um curto-circuito que fez díspar o modo supersónico do Torpedo Amarelo!
    Tiveste sorte podias ter queimado os circuitos todos mas disparou o modo supersónico!
    (Já agora, que ninguém nos ouve, o que é que a Filipa te “receitou”? Começo a desconfiar!...)
    PARABÉNS! GRANDE TEMPO! ESTÁS AFINADO PARA O PORTO!
    Forte abraço campeão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como é que eu não me lembrei disso!!!! Claro que sim!!!

      Um abraço (eh eh eh)

      Excluir
  4. Pois é meu caro estás a ganhar confiança e isso é meio caminho andado para o êxito na maratona.Fico feliz por ver esse animo em alta.abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Joaquim. Continuação de boa preparação para o grande dia

      Um abraço

      Excluir
  5. Já comecei bem o dia, com um sorriso de orelha a orelha...já tinha visto no FB ontem, mas não li o texto, já adivinhava que vinha aí "chuva da grossa" e queria ler com calma :)
    Muitos parabéns João, pela força de vontade, pelo acreditar sempre....e aí está o resultado. E com isto faltam 21 dias, que são exactamente metade de???? Pois...acho que tb sofro desse síndrome dos 42.. :):)
    Grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eh eh, uma Maratona domina todos os nossos pensamentos, não é? :)

      Obrigado Carlos. O acreditar e lutar sempre, mesmo quando tudo indicava o contrário, está agora a compensar! :)

      Um abraço e boa continuação de preparação

      Excluir
  6. João, és das pessoas mais transparentes que conheço, no que às corridas diz respeito. Basta ver as fotos! Quando vi a foto do facebook pensei de imediato: correu super bem! E cá está o relato a confirmar.
    Quando acabares a maratona do Porto tira uma selfie e manda-me, sff, ok??
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anabela!
      O mais curioso é que a fotografia foi antes da prova, daí estar tão sequinho :)
      Beijinhos :)

      Excluir
    2. Antes?? Então tens o poder de "adivinhação"
      :)))

      Excluir
    3. Era bom era, adivinhava o EuroMilhões :)
      Digamos que era a habitual boa disposição quando estou com amigos numa corrida :)

      Beijinhos

      Excluir
  7. Respostas
    1. Venha o Porto! Tão perto e tão longe! :)

      Um abraço

      Excluir
  8. Ahhh, isto anda a correr tão mal e ... olha, o pico de forma veio na melhor altura :)

    Seja do aumento de confiança, seja nas alterações que fizeste na alimentação , seja por tudo, BENHA O PUERTO CARAGO!

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora, o que está feito, feito está e o que não foi feito ardeu.
      Venha o Porto!

      Um abraço

      Excluir
  9. Estás uma máquina, João! Tempo espectacular. :)
    E bom para o retomar da confiança que te faltava.
    M. do Porto lhe aguarda! :)
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi fundamental para encarar o Porto olhos nos olhos :)

      Beijinhos e obrigado :)

      Excluir
  10. Brutal! Estás a ficar afinadissimo! O corpo humano realmente é fantástico.. venha a maratona, JÁ!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O nosso corpo chega a ser fantástico e surpreendente! :)

      Quanto à Maratona vir já... calma! Deixa-me recuperar de ontem :)

      Um abraço e obrigado

      Excluir
  11. Eu não disse que ainda ias a tempo de recuperar algum do tempo perdido na preparação para o Porto?

    Venha o Porto!

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não houve tempo para um longo como deve ser (30) mas a confiança regressou :)

      Um abraço e obrigado

      Excluir
  12. Muitos parabéns João. Realmente desde Coimbra isso tem sido sempre em grande. Venham de lá esses 42 no Porto que estás pronto para os enfrentar de sorriso nos lábios.
    Abraço.

    PS- Quem sabe se nos encontramos na partida da Invicta. ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah! Eu não disse que o bichinho é terrível?!? :)

      Um abraço, obrigado e força para a Invicta :)

      Excluir
  13. Ahhh valente!!!!!!!!!

    Isso foi do temporal!!!! A água continha substâncias elevadas de adrenalina e puff!!!!!!!!!!!!!!
    :)

    Grande João!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não me tinha lembrado disso!
      Deve ter sido o que aconteceu. E eu, pufff!

      Beijinhos e obrigado :)

      Excluir
  14. João, acho que é mais focado. :)
    O tempo que estava também ajudou mas o trabalho está lá.
    Já falta pouco, força!
    Boa semana.

    Manuel Nunes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faltam 20 dias... :)

      Obrigado e um abraço

      Excluir
  15. É uma sensação muito boa conseguir superar os nossos objetivos. O vento deveria soprar em sentido contrario para o relógio marcar 1h59m ;)
    Daqui a 3 semanas lá estaremos.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Julgo que nem era preciso o vento estar ao contrário mas apenas não soprar contra :)
      Daqui a 19 dias lá estaremos :)
      Beijinhos e FORÇA!

      Excluir
  16. Quando o João liga o turbo quem é que o apanha?...
    Agora vê lá mas é se ganhas juízo..a melhorares de meia para meia, quando chegares ao Porto...não sei não...até voas!!! :)
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ha ha ha! Tu é que dizes que vou voar numa Maratona e eu é que tenho que ganhar juízo? :)))
      A intenção é apenas, como sabes, a meta. Estas 3 semanas foram muito boas mas não bastam 3 semanas para se estar em pleno para uma Maratona.
      Esta é para acabar mas se puder pôr em prática o que quero para Paris, aí sim, será para baixar das 5 :)

      Beijinhos e boa continuação de boa preparação

      ps - Faltam só 19 dias!!! Ai ca medo! :)))

      Excluir
  17. Muitos parabéns, João! Quando nos cruzámos, vi logo que irias fazer um grande tempo! Força até ao Porto! Grande abraço
    PSousa

    ResponderExcluir
  18. Parabéns João!
    Estiveste em grande, eu bem te tinha dito que fazias melhor do que as duas meias anteriores.
    No Porto, se tu acreditares, é possível baixar das 5h.
    Eu acredito!

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Vítor!
      Quanto ao baixar das 5 horas, nem penso nisso. A minha única preocupação é cortar a meta.
      Claro que se fosse abaixo desse tempo teria ainda mais sabor, mas não acredito nem me preocupo com isso.
      Se puder pôr em prática o plano que delineei para Paris, aí sim. Para o Porto "só" quero ser tri :)

      Um abraço e força para estes 17 dias :)

      Excluir