domingo, 5 de outubro de 2014

Correr feliz na Meia da Vasco da Gama

Os 4 ao km presentes: Eu, Marta, Carla e Eberhard 

Os meus parabéns a todos os que conquistaram hoje a Rock'n'Roll Maratona de Lisboa, com uma palavra muito especial a quem se estreou nesta distância e entrou no clube de Maratonistas :)

Como é sabido a minha preparação para a Maratona do Porto, aquela que espero seja a minha 3ª, andou pelas ruas da amargura. Finalmente, na semana passada, a Meia de Coimbra correu-me muito bem, fazendo renascer os níveis de confiança que estavam a aproximar-se perigosamente do zero.

Hoje, era o dia que iria confirmar se a evolução era real, ou concluir que tudo não tinha passado da excepção que confirma a regra.

Claro que não vale a pena fazer suspense pois a esta hora já sabem perfeitamente para que lado pendeu a dúvida, basta ler o título!

Tinha um ritmo (ambicioso) na cabeça e queria aguentá-lo durante os 21 km, começando desde o tiro de partida, sem sequer ter feito aquecimento por impossibilidade de espaço. 
Apesar disso, a pulsação não disparou, mantendo-se bem controlada. Tudo estava a correr bem, havia que replicar durante 21 km. O que sucedeu, fazendo uma Meia estilo relógio suíço, com escassa variação entre cada mil metros, e terminando 5.31 melhor que Coimbra, cortando a meta em 2.07.12, um tempo que me deixa muito feliz e vejam porquê:
- Melhor tempo do ano em Meias
- Melhor tempo de sempre nesta Meia
- 9º tempo entre as minhas 37 Meias
- 2º melhor tempo em Meia-Maratona desde Novembro de 2011 (apenas batido pelos estratosféricos 1.58.26 na Meia dos Descobrimentos de Dezembro passado, numa prova onde deitei para fora toda a raiva que vinha desde a falhada Maratona)


A alegria a escassos metros da meta
Razões para esta súbita melhoria de rendimento, vejo duas:
- Nunca ter deixado de batalhar quando tudo corria mal, sabendo que só assim poderia ter alguma esperança e que o trabalho árduo haveria de compensar
- Um seguimento nutricional adequado a este tipo de esforços e que em tão pouco tempo está a dar tão bons resultados (obrigado Filipa Vicente!)

Claro que estamos a apenas 4 semanas da Maratona quando este renascimento de forma deveria ter acontecido a dois meses de distância.
Claro que acabei os 21 a sentir que pouco mais poderia correr
Claro que já perdi o comboio para realizar treinos maiores de 27 e 30
Mas... é o que temos e é com toda a minha força de vontade que vou cortar a meta no Porto com 3 dedos no ar.
Claro, ainda não com o tempo que julgo estar um dia ao meu alcance, quando poder ter a preparação ideal, mas a prioridade numa Maratona é derrubar a meta. Venha ela!

Quanto à Meia em si e sua organização, tudo como já nos habituaram, mas também uma palavra de desagrado para muitos atletas que, infelizmente, não pensam que há mais atletas a correrem e deixam em pleno percurso inúmeras garrafas com água e tampa fechada (uma autêntica armadilha para entorses) e os que deixam cascas de banana e laranjas ali a semear futuras quedas. É tristemente habitual nestas Meias das Pontes e não são meia dúzia. Utilizem os neurónios para pensarem (é que pensar não é usar pensos!)

De registar que na Maratona, alcançou-se novo record nacional de participação, eram 2.763 no Porto 2013, hoje concluíram 2.865, e também se bateu o record da Maratona mais rápida em solo nacional. Era de 2.09.46 realizados nesta Maratona no ano passado e hoje o queniano Samuel Ndungu marcou 2.08.21 
Mas como não há duas sem três, nunca também em solo nacional uma atleta feminina tinha corrido tão rápido, pois Visiline Jepkesho marcou 2.26.47

E para terminar, bateu-se largamente o record de participação nesta Meia. Era de 4.893 em 2012 e hoje foram 5.774 os que cortaram a meta.


Com o Isaac após a chegada, Isaac que vai estrear-se na mítica distância no Porto


32 comentários:

  1. Parabéns por mais uma para o currículo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Sílvio

      O melhor é que esta não foi mais uma mas sim uma :)

      Um abraço

      Excluir
  2. Parabéns João, muito feliz por ti!
    Acho que ainda vais ter uma boa surpresa na Maratona do Porto. ;)
    Beijinhos
    PS. "é que pensar não é usar pensos" ihihih :) E mai nada!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns João! Estás a fazer o percurso. Um bom percurso. Conto pelos dedos de uma mão os treinos que me encheram a alma antes de Chamonix... E olha... Foi o que foi e tu sabes muito bem como acabei aquela prova. Só um imprevisto te impedirá de cortar a meta. E desta vez não vai acontecer. Vais MESMO conseguir João! Quero ver-te na meta no Porto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Anabela pelas tuas palavras :)

      Beijinhos

      Excluir
  4. Parabéns pela excelente prova!
    Bons treinos para a Maratona do Porto, vai correr tudo bem, literalmente!!!
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado e parabéns pela Maratona! :)

      Um abraço

      Excluir
  5. Já não há volta a dar. Perdeste o comboio dos treinos de 30km mas vais lançadissimo no comboio da maratona! Agora é só gerir até lá, 4 semaninhas! Fico contente por ti. Grande abraço campeon!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Filipe! Fico contente que fiques contente :)

      Um abraço

      Excluir
  6. Yeees....fico muito contente por ti. Parabéns João!!! Tás atrasado na preparação, mas o pico vai surgir na altura certa...bora lá a isso...no Porto vai correr tudo bem, vais ver :)
    Grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo menos o pico não vai ser cedo demais, eh eh!

      Só quero a meta, só penso nisso! :)

      Um abraço

      Excluir
  7. Parabéns João!
    Concordo que seja a parte da nutrição a fazer a diferença, falo por mim que desta vez tive um enorme cuidado nesse aspecto, tanto durante as duas semanas que antecederam a prova como na prova em si. Nada de abusos.
    Nunca se chega "fresco" ao fim, isso já nós sabemos,mas pelos cuidados que tive não andei com aquelas horríveis sensações no estômago que tive no ano passado.
    No ano passado foram 12195 metros difíceis, este ano foram só 195. :) aquela parte final parecia que nunca mais acabava. Está feita, venha a próxima.
    Abraço, boa recuperação e bons treinos.

    Manuel Nunes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais uma vez, muitos parabéns, Manuel Nunes, pela excelente maratona realizada :)

      Um abraço

      Excluir
  8. Bem vimos como estavas bem ao km 12. Quase que nem tínhamos pedalada para o teu andamento ;)
    Fizeste um excelente tempo! Estás no bom caminho amigo, rumo ao Porto!!!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Isa pela vossa (sempre excelente) companhia naquelas centenas de metros :)

      Beijinhos :)

      Excluir
  9. Na me surpreende nessa tua prestação pois sei o grande atleta que és!
    Mas isso não quer dizer que não esteja super feliz com o regresso do Torpedo Amarelo!
    Forte abraço campeão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O grande atleta que sou?!?

      Obrigado, Jorge :)

      Um abraço

      Excluir
  10. Parabéns grande João, ainda te vi passar antes da descida para a final e ias num bom ritmo!

    Já só faltam 4 semanas, mas acho que ainda estás perfeitamente a tempo de fazer uma boa preparação física. O teu corpo também já está habituado a grandes distâncias e se a tua mente estiver limpa e tranquila, o teu corpo vai responder durante estas semanas e no dia P, de Porto :)

    Um abraço

    PS: Mudei o link do meu blog, agora é português :) http://aquelequegostadecorrer.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Vítor! :)

      Um abraço

      ps - Gosto mais desse título :)

      Excluir
  11. Estás de parabéns!!!!
    Foi uma valente meia!!!
    Não existem dúvidas que a Maratona do Porto será feita e bem feita!!! :D

    Beijinhos e força

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Marta. Quanto ao não existirem dúvidas... nunca se pode dar nada como garantido até estar feito. Podem acontecer coisas completamente inesperadas. Vê o que aconteceu faz hoje um ano...
      Por isso, até a meta estar cortada...

      Beijinhos e boa recuperação :)

      Excluir
  12. Valente!
    Pareceu-me ver "raiva" escrito algures? Ui, pela primeira vez na corrida sei o que isso é. Vamos sempre aprendendo.
    E o Porto está já ao virar da esquina.
    Aquele abraço, Campeão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa da raiva, recordas-te bem (a tal cara de "mau") :)

      Muitos parabéns pela tua 3ª!!! :)

      Um abraço

      Excluir
  13. Portanto....o Torpedo Amarelo está armado e perigoso:).

    Bem vindo, João.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos ver se a pólvora não acaba... :)

      Um abraço

      Excluir
  14. Com um sorriso desses a apenas uns metros da meta tens seguramente margem para ampla evolução e facilmente baixares as 2hrs, se bem que isso não tenha grande importância. O que é importante é continuares a retirar da corrida esse gozo todo. Parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já baixei das 2 horas por 3 vezes. Uma em 2007, outra em 2010 e a última em 2013.
      Quem sabe se um dia não aparece uma 4ª? :)

      Obrigado e um abraço

      Excluir
  15. Parabéns João!

    Em Coimbra já tinhas feito um bom tempo, agora fizeste um muito bom tempo, na Moita ainda será melhor.
    Vai tudo correr bem na maratona do Porto.

    Abraço

    ResponderExcluir
  16. Costumo seguir o blog mas apenas uma vez escrevi. Aquando da Meia Maratona dos Descobrimentos (a minha primeira) cruzámo-nos perto da chegada. Este fdsemana cruzámo-nos tambem durante a prova, é que as camisolas amarelas distinguem-se bem. :) E agora parece que nos vamos cuzar na Maratona do Porto.

    Boa preparação.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito boa sorte para a Maratona do Porto!

      Força!

      Um abraço

      Excluir