domingo, 11 de agosto de 2013

Os 25 Kms de Cascais

Vítor, eu, Isa e Pedro após uns escaldantes 25 kms
Não, não se trata de nenhuma prova nova nem os célebres 20 kms de Cascais vão aumentar a sua distância. Hoje o treino era de 25 kms e tivemos a ideia de realizar no trajecto dessa corrida, acrescentando mais 2,5 ao retorno, para dar as 5 léguas.

Na realidade, não foi bem assim pois 500 metros antes do retorno decidimos regressar pois os passeios estavam nessa parte cheios de carros e correr na estrada não era boa ideia. Como efectuámos aí menos 1 quilómetro, no regresso fomos pela estrada da Boca do Inferno e demos uma volta na marina, para perfazer 25 kms cuja parte final foi mais complicada pelo calor e o sol já estar a pique.

O grupo foi composto por 3 atletas que se vão estrear na mítíca distância, Isa, Vítor e Pedro, sendo eu o único com uma no currículo. Mas uma em circunstâncias muito diferentes por ter sido em Dezembro, fresquinho, tal como a maior dos longos então efectuados.

Não vale a pena tapar o sol com uma peneira e sabemos, comprovado por estudos, que o nosso rendimento ressente-se de forma significativa à medida que a temperatura vai para dezenas mais escaldantes.
Mesmo assim, fiquei muito satisfeito com este treino, aliviado será a melhor palavra, pois os últimos não tinham saído como queria. Esses, fi-los mas sem aquela margem que desse conforto, ao contrário de hoje.

Como se sabe, uma Maratona é algo de diferente, proporcionando uma antagónica dança de sensações, certezas e níveis de confiança, e esta semana o meu nível de confiança foi abalado por sentir que a coisa não estava a sair como planeava. Daí encarar este treino com muita preocupação mas também empenho.

E saiu tudo bem! Senti-me bem após os primeiros 3 ou 4 quilómetros e com reserva de energia. Acabei desgastado pelo calor, não pelo esforço exclusivo do acto de correr. 
Um sinal é que após um treino ou corrida onde me desgasto no limite, no par de horas a seguir nem vontade tenho para comer e hoje almocei bem e com vontade.

Apesar de tudo, uma coisa é certa, dificilmente tornarei a preparar uma Maratona no verão. Até posso realizar uma em Outubro, por exemplo num país onde já está fresco nessa altura. Aí, os treinos nesta estação podem ser 6 da manhã ou final do dia, início da noite. Agora treinar a estas horas é duro. Mas a Maratona a que me propus (e que será o maior desafio que já tentei, mais do que a primeira), parte às 10.05 dum dia potencialmente quente, apenas a terminando entre as 15 e 16 horas, atravessando o período do sol a pique. Portanto... há que dar o corpo ao manifesto!

De realçar a importante parte da hidratação. Aos 5 kms (final da volta inicial pela vila), passámos pelo carro onde recolhemos mais garrafas, e aos 11 e 17 tivemos a simpática colaboração do casal Joana / Rúben que dedicaram uma parte duma manhã de domingo a ajudar aqueles loucos que correm! Uma vez mais, obrigado! 

20 comentários:

  1. Já disse à Isa e volto a repetir: vai fazer frio e cair granizo no dia da Maratona hi hi hi hi hi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O granizo dispenso, mas o que não dava para estar frio!!! :)

      Excluir
  2. Parabéns pelo treino! O vosso esforço deve ser algo comparável a correr na areia... Em Outubro vão voar :)

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois não sei porque nunca corri na areia! :)

      Um abraço

      Excluir
  3. Olá João,

    Concordo com o Jorge Branco :)

    Ainda nos vamos rir nesse dia, mas pelo prazer de termos fresquinho :)

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Por acaso aqui de que o Jorge fala já me tinha lembrado hahaha
    Faço sol ou chuva, vocês estarão mais que preparados para a enfrentar!! Disso eu tenho a certeza!

    Boa continuação de treinos
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Certezas nunca pode haver numa Maratona... Apenas a certeza que se vai dar tudo! :)

      Beijinhos

      Excluir
  5. É sempre a "facturar"! Força!

    Abraço!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que tanta factura não dê em falência, he he!

      Um abraço

      Excluir
  6. Tenho grande respeito por estes vossos treinos - isso com calor é do caraças :D ... hoje senti isso na pele, na 2ª parte do meu longo (e foi entre 8 e 9 da manhã), tive dificuldades para acabar o treino previsto.
    Muita força para continuarem o V/ caminho.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Carlos. Não é fácil com estas temperaturas...

      Um abraço

      Excluir
  7. Não é realmente facil correr com tanto calor .Mas como estão a preparar a maratona penso ser aconselhavel correr á hora que a mesma se vai realizar para habituar o corpo a um esforço muito próximo do que vão encontrar.Fico feliz por saber (tal como eu previa) que o João ficou a gostar das longas distancias e vai repetir .abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um desafio de muito difícil superação

      Um abraço

      Excluir
  8. Foi um óptimo treino. Principalmente até por volta dos 20 km, a partir daí já foi a sofrer um bocado.
    Na próxima semana descansamos dos treinos ao calor e vai saber-nos muito bem :)
    Beijinhos e boa semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Do calor não sei se descansamos mas do sol a pique, sim!!!

      Beijinhos

      Excluir
  9. Olá João,
    Realmente no domingo as coisas não estiveram fáceis lá para as bandas do Guincho, o calor provoca um desgaste extra (não me canso de o dizer), vai ser um problema que vamos ter que enfrentar no dia da prova.
    Comecei o treino por volta das 0700 e terminei ás 0930, sensivelmente, acabei por apanhar muito calor só no regresso que é a parte mais difícil do percurso que faço por ter cerca de 4Kms praticamente sempre a subir até ao final (pode ser que seja uma ajuda no futuro, quem sabe).
    Como o que tem que ser tem muita força, faça sol ou faça chuva, cá vamos continuando os nossos treinos rumo à maratona.
    Continuação de bons treinos, já falta pouco para acabar esta fase, também ela difícil de efectuar.

    Manuel Nunes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso, caro amigo. Força para a continuação de bons treinos

      Um abraço

      Excluir
  10. Foi um treino muito bom!
    O calor foi o grande adversário.
    Obrigado pela companhia.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O calor, em especial a partir do meio-dia

      Um abraço

      Excluir