domingo, 29 de julho de 2012

Pombal com excelente organização no Bodo


No ano em que se festejam os 500 anos do foral manuelino a Pombal, após a reforma profunda nos forais no reinado de D.Manuel I e que substituíram os anteriores, sendo que o primeiro foi outorgado por Gualdim Pais em 1174, Pombal recebeu ontem os atletas para a Prova do Bodo que comemorou a sua edição 30.

As primeiras 27 foram em forma de Meia-Maratona, distância dura para esta altura do ano, daí tendo passado em 2010 para 10 quilómetros.

Conheci-a no ano passado e desde logo fiquei muito agradado com tudo, tornando-se em prova obrigatória a visitar anualmente. 
E este ano a excelente impressão que já tinha foi ampliada com uma organização cuidada e atenta aos atletas, aproveitando a tecnologia para alguns melhoramentos em relação ao padrão habitual, muita simpatia, muito público a assistir e interagir, e um percurso de 3 voltas que se torna bastante agradável e cuja duração passa rápido pelo bem que nos sentimos aqui.



No ano passado apenas teci uma crítica que foi relativa à diferença de 25 atletas masculinos receberem prémio contra apenas 5 femininas, regozijo-me este ano por verificar que até esse ponto foi revisto. Assim, este ano a tabela foi igual para os 12 primeiros atletas masculinos e femininos à geral, o que é muito justo!

Em relação ao ano passado tivemos um decréscimo de 453 para 403 atletas, o que foi uma pena mas justificável por estarmos numa época onde se fazem mais contas às deslocações.
Não creio que o facto de ter passado de gratuito para uma taxa de 5 euros tenha influenciado estes números.
Não esquecer que ao ser disputada nesta altura do ano, obrigatório pela Festa do Bodo, apanha muitos atletas de férias.
Dos 403 classificados, 40 eram senhoras (9,9%).



Numa corrida com relato em directo pela Rádio Cardal, com altifalantes espalhados pelo percurso e uma temperatura que não prejudicava, além de muita agradável sombra pelo caminho, Luís Paula do Brasil foi o mais rápido ao concluir abaixo da meia hora, 29.56, sendo acompanhado no pódio por Pedro Ribeiro (Maia) a 17 segundos e Nelson Cruz (Praia Salema) a 19, após uma forte luta entre ambos. Seguiram-se Manuel Silva (Fornos) e Hermano Ferreira (Conforlimpa). 
Quem também esteve presente para treino foi Luís Feiteira que dentro de 2 semanas vai participar na Maratona Olímpica. Foi 7º com 31.02

No sector feminino, grande domínio de Leonor Carneiro (Maratona) que ao realizar 33.36 ficou a escassos 6 segundos do record de percurso estabelecido no ano passado por Marisa Barros. 
Em 2º, tal como no ano passado, terminou Doroteia Peixoto (Joane) a 1.03, com Rafaela Almeida (Benfica) a completar o pódio 22 segundos após.
Seguiram-se Sandra Teixeira do Sporting, Catarina Lima do Várzea e a hexa-vencedora das Fogueiras, Madalena Carriço.

Registou-se uma mini corrida de 3 kms com 157 participantes e as vitórias de Wilson Conniott (Cercipom) em 10.02 e Inês Santos da mesma equipa em 12.42.
No final, espaço para a caminhada que reuniu um muito impressionante número de caminheiros!



A minha corrida decorreu melhor do que esperava, após 3 semanas com vários problemas pessoais que não me permitiram descansar nem treinar em condições, realizando uma corrida em prazer e com 57.27, apenas custando mais uma parte da última volta. 

Foi o corolário dum dia muito bem passado com o casal João Branco-Gina







3 comentários:

  1. Mais uma prova no teu caminho para a Maratona!
    Eu não "atino" com provas de 10 Km (pelo menos em estrada). São muito curtas para o meu gosto!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns João, pelo desempenho e pela excelente crónica da prova.
    Foi um prazer ter estado contigo e com os muitos amigos em Pombal.
    Também considero esta uma prova exemplo.
    Apenas gostaria de referir o excelente trabalho desenvolvido pela AA Leiria. Praticamente todas as semanas este distrito tem provas desta qualidade organizativa.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir