terça-feira, 31 de outubro de 2017

O último artigo antes da Maratona do Porto, em jeito de revisão / antevisão

Medalheiro de Maratonas à espera da 9ª inquilina 
E passaram 6 meses! 6 meses e mais de 1.300 quilómetros depois e aqui estou a aguardar a chegada do grande dia.

A última semana é sempre a mais difícil pois já nada há para acrescentar à preparação, nada há a ganhar, apenas a perder caso se façam disparates, erros ou apareça algum imprevisto.

O trabalho está feito e é aguardar pelo tiro de partida (ou melhor, por uns 3 ou 4 minutos depois que é quando chegará a minha hora de iniciar a que espero seja a minha 9º Maratona concluída).

Por melhor trabalho que se tenha realizado, seja um mero atleta de pelotão ou um campeão, nada está garantido. Em qualquer prova ou qualquer distância nada é garantido, numa Maratona essa verdade é ampliada. Qualquer grãozinho que emperre ligeiramente a máquina numa distância mais curta, ganha uma amplitude desmesurada nos 42.195 metros.

Portanto, nada se pode facilitar, foco e concentração no máximo, sabendo que uma Maratona começa depois dos 30 e essas 3 primeiras dezenas são cruciais para chegar o melhor possível a esse momento ou para dar cabo duma corrida. Daí a importância de se usar a cabeça e ser disciplinado e paciente. 

A preparação foi de sonho, com um susto no final mas não há Maratona que não pregue um ou outro susto. O que conta é que seja apenas isso, um receio que veio, foi e não deixou qualquer marca nem condicionalismos.

Sei que foi prolongada, 6 meses, mas dediquei-me de corpo e alma a esta minha 3ª participação na Invicta, para mais sabendo que um mês depois terei que fazer uma paragem forçada de, pelo menos, 2 meses e meio.

Apesar da preparação para uma Maratona implicar muitos quilómetros e a um ritmo mais calmo, a velocidade também conseguiu conviver com essa dita preparação. Neste período de meio ano alcancei o seguinte: Em 10 km bati o record e alcancei ainda outro sub50 adicional. Em 15 km fiz 2 corridas e bati o record por 2 vezes (e com marca que dificilmente julgaria possível). Em Meia-Maratona, alcancei a 2ª melhor marca num dia de exagerado calor e num percurso para o duro. E em 30 km, bati o meu record por 3 vezes.

Tenho consciência que estes feitos que alcancei, e alegria com que os partilhei, terão induzido muito boa gente em engano, pois tenho recebido vários comentários com previsões de tempos irrealistas e com a convicção que vou ao Porto para dar cabo daquilo tudo. Nada disso!

Se noutras distâncias há determinadas corridas que vou com a intenção de alcançar um novo máximo, o propósito para domingo é o mesmo que em qualquer Maratona: Cortar a meta com a consciência que a fiz da melhor maneira que foi possível. 
Nunca em Maratona penso em marcas nem antes nem durante. Uma Maratona já é, para um atleta como eu, algo de tão dificilmente atingível, e já me cria tanta pressão interna para a conseguir conquistar, que não necessito de pressão adicional com marca.
Claro que se viesse, ficava todo feliz, mas não vindo também fico sempre tão feliz por cortar a meta. Porque terminar é a minha medalha de ouro!

A meta, esse momento mágico em Maratona que espero reviver no domingo. E para tal, além de muita cabeça, levo todos os incentivos que me têm dado e que são um poderoso boost. Levo-os a todos no coração.

Até ao meu próximo artigo... que será o rescaldo do que sucedeu.

Para minha inspiração, termino com 8 fotos de 8 momentos inesquecíveis.


1ª - 2012-09-12 - 27ª Maratona de Lisboa - 5.02.13
2ª - 2014-02-23 - 30ª Maratona de Sevilha - 5.07.59

3ª - 2014-11-02 - 11ª Maratona do Porto - 5.11.35
4ª - 2015-04-12 - 39ª Maratona de Paris - 5.09.08
5ª - 2015-10-18 - 3ª Rock'n'Roll Maratona de Lisboa - 5.25.09
6ª - 2016-03-13 - 38ª Maratona de Barcelona - 5.18.28
7ª - 2016-11-06 - 13ª Maratona do Porto - 4.47.36
8ª - 2017-02-19 - 33ª Maratona de Sevilha - 4.41.40

29 comentários:

  1. João,

    Qualquer que seja a marca serás sempre um campeão e uma inspiração para todos os que por aqui te acompanham.

    Boa sorte, que consigas pôr em prática tudo o que tens aprendido ao longo destes anos e que estes 6 meses de preparação te tragam o ouro almejado :)

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Fabiana!
      Esperemos que sim :)

      Beijinhos :)

      Excluir
  2. João desejo-te uma excelente prova! Tudo a correr pelo melhor e venha de lá a nona.
    Já agora gostei do expositor ;)
    Um abraço

    ResponderExcluir
  3. Estás pronto, fizeste o trabalho de casa, estás afinado! Agora desfruta do nervoso miudinho - ou menos miudinho :)
    Que sejas muito feliz no Porto!
    Muita força!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso, ser muito feliz no Porto! :)

      Beijinhos e obrigado

      Excluir
  4. Grande João ... foi uma alegria acompanhar esta preparação de meio ano, a motivação sempre em alta, nada de lesões, a alegria que contagia e também os resultados que foram sendo atingidos. Um susto que não passou disso mesmo não belisca em nada esta preparação. Foi tudo feito e bem feito e Domingo é para desfrutar (e sofrer um bocadinho pois faz parte) e cortar mais uma meta, a tua nona deste tipo. Vai correr bem ...
    Forte abraço e até sábado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado grande Carlos! Esperemos que tudo corra pelo melhor a todos.

      Grande abraço e inté sábado :)

      Excluir
  5. É inevitável ficar arrepiada ao ler este texto!

    Tu vais ao Porto dar cabo daquilo tudo! Não duvides! Fizeste uma preparação incrível, conseguiste dar a volta aos imprevistos, e estás em melhor forma do que nunca. Não tenho qualquer dúvida de que vais ao Porto dar o melhor de ti e que vai correr bem :)

    Muita força, João! És um exemplo e uma inspiração tremenda e Domingo vou estar a torcer e a pensar em todos os que conheço que lá vão estar e isso inclui-te, mesmo que não te conheça, efectivamente!

    Um beijinho e até daqui a 42,195km!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito, muito obrigado pelas palavras! Fico sensibilizado.

      Quanto ao dar cabo daquilo tudo... só quero mesmo é dar cabo da meta! :)

      Beijinhos e muito obrigado

      Excluir
  6. Hoje faz precisamente tres anos que corremos juntos a Maratona do Porto.
    Desejo-te que tudo corra como idealizaste. Também Tu estarás no nosso coração.
    Um abraço apertado.
    Isaac Carrêlo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Isaac e muitos parabéns pelo terceiro aniversário como maratonista :)

      Grande abraço

      Excluir
  7. Caramba, estava eu a preparar o meu texto de antevisão e as tuas palavras são a melhor inspiração possível. Lá estaremos para celebrar mais uma meta!
    Grande abraço e até já!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande abraço Nuno e em força para domingo! :)

      Excluir
  8. Muito, muito boa sorte! Também é preciso. Bem sei que tens o trabalho feito (como sempre, aliás), mas por vezes também temos de ser bafejados pela estrelinha.
    Espero que seja mais uma maratona de sonho e que termines com um grande sorriso!
    Beijinho grande e FORÇA!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Anabela!
      Sim, a sorte é fundamental!

      Beijinhos e um abraço ao grande Paulo

      Excluir
  9. Bora lá, João. Nem te vou falar de tempos, isso não interessa nada. Que seja uma prova sólida e que venhas todo contente no fim! Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Filipe! Cortar aquela meta vai ser uma felicidade! :)

      Grande abraço

      Excluir
  10. Caro João,
    Nada como te ler para me motivar ainda mais para a minha primeira maratona já este domingo no Porto.
    Estamos prontos :)
    Desfrutar e realizar o nosso "sonho"
    Um abraço
    MIKE
    HAPPYRUN

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Mike e força para aquela meta! :)

      Grande abraço

      Excluir
  11. Olá João.

    Na minha opinião de uma forma simples, e com sábias palavras disse tudo:

    "Se noutras distâncias há determinadas corridas que vou com a intenção de alcançar um novo máximo, o propósito para domingo é o mesmo que em qualquer Maratona: Cortar a meta com a consciência que a fiz da melhor maneira que foi possível.
    Nunca em Maratona penso em marcas nem antes nem durante. Uma Maratona já é, para um atleta como eu, algo de tão dificilmente atingível, e já me cria tanta pressão interna para a conseguir conquistar, que não necessito de pressão adicional com marca.
    Claro que se viesse, ficava todo feliz, mas não vindo também fico sempre tão feliz por cortar a meta. Porque terminar é a minha medalha de ouro!"

    Na minha primeira meia-maratona e nas seguintes, tinha sempre aquele peso de querer fazer menos de 2h, uma ansiedade maluca, porque impus que tinha de o fazer e que era capaz. Isso só fez com que ficasse ansiosa e andasse nervosa, como se a minha sobrevivência dependesse daquilo.

    Com as suas sábias palavras revivi um pouco isso, e quero para o ano na minha primeira maratona, lembrar-me do que aqui escreveu, de não criar espetativas nem impor seja o que for, a não ser terminar da melhor forma e feliz, porque isso sim é que é a medalha de ouro.

    O que eu quero dizer com isto é que a preparação física sem dúvida nenhuma que é muito importante, mas a psicológica talvez ainda seja mais. E isso pelas suas palavras já se vê que tem, por isso não tenho dúvida nenhuma que o João este domingo vai ao Porto “para dar cabo daquilo tudo”. ;)

    Uma boa prova.

    Beijinhos

    Lígia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Lígia pelas palavras e toda a sorte do mundo para a estreia em Maratona no próximo ano. Força!

      Beijinhos

      ps - Já sabes onde vai ser?

      Excluir
  12. Olá João, que a 9a maratona seja como tu mais desejas e que no final, cortes a meta com igual ou maior felicidade do que aquela que está expressa nas fotos que colocaste neste artigo!
    Força e tudo de bom!!! (Uso sempre estas expressões :) São sentidas!)
    Sofia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Sofia! Sei que são sentidas :)

      Beijinhos e que continues por aí a voar baixinho :)

      Excluir
  13. João, fizeste tudo o que era preciso, agora é só correr até à meta:)
    Vai ser um prazer estar contigo no final da tua 9ª maratona.
    Abraço e força!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Vítor! Vai ser um prazer estarmos todos outra vez juntos num grande dia para qualquer um de nós! :)
      Força para domingo!
      Grande abraço

      Excluir