sexta-feira, 7 de agosto de 2015

(a complicar) Pelo menos mais duas semanas de paragem...

Pois o tom optimista da semana passada em que era apenas uma semana de paragem e, assim sendo, não iria prejudicar a preparação para a Maratona de Lisboa, já embateu na realidade.

Pelo menos, irei ter mais duas semanas de paragem forçada, o que a juntar a esta que agora termina, passa a 3 semanas, tempo que para mim é sinónimo de a forma volatilizar-se.

E, obviamente, após 3 semanas de paragem não dará para começar logo com treinos longos, o que só deverá suceder a um mês do grande dia. 
A coisa começa a complicar-se...

Não deixa de ser irónico que, pelas razões que referi há uma semana, agora tenho imenso tempo para treinar e não posso. Além de me fazer falta por questões de sanidade mental.

O que se passou então? Segui todas as indicações à risca e 3ª sentia-me praticamente a 100%. Na 4ª estava perfeito e na 5ª fui fazer uma muito ligeira corrida. A intenção eram apenas 3 km a uma muito lenta média de 6.35
Tudo estava a correr bem até que aos 1.950 metros, a dor regressou de súbito e parei de imediato. Cheguei a casa, muito gelo e a dor acalmou.
Hoje, 6ª feira, tinha marcada uma prova de esforço de rotina. Enquanto foi apenas a andar no tapete, tudo bem, mal foi necessário começar a correr, de imediato a dor regressou e em força, mantendo-se o resto do dia.
Fui à CUF, o ortopedista esteve a analisar, tirei raio-x para despistar alguma fissura ou fractura de stress e o veredicto foi uma lesão tendinosa que está a provocar isto tudo.
  

27 comentários:

  1. Calma João. Já ultrapassaste situações bem piores. É só uma pequena lesão que vai recuperar facilmente!

    Força João, mostra-nos a tua vontade de vencer de sempre :)

    Um grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma má altura. E não estou a falar pela Maratona.

      Um abraço e obrigado

      Excluir
  2. Com o advento do FB os blogues sofreram um grande revés porém, há blogues que, pela sua qualidade e actualidade, são imperdíveis e agradáveis de seguir, é o caso deste do Amigo João Lima.
    O facto de pouco comentar nele não é sinónimo de não o seguir, mas depois de ler esta mensagem é obrigatório deixar uma palavra de alento, de ânimo e de esperança, pois tudo vai correr bem e, com todo o direito, por vários motivos e mais algum, vais lá estar e fazer aquela Maratona que vai ficar gravada a letras de fogo na tua vida!
    Força companheiro, não desanimes, tudo vai correr de feição. Sobretudo porque mereces!

    Um Abraço!

    Orlando Duarte

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Orlando pelas palavras

      Um abraço

      Excluir
  3. Entretanto surgiu-me a ideia de deixar uma sugestão para, eventual, tratamento dessa lesão ou outra que venha a surgir - é onde vou sempre que tenho alguma mazela e me dou muito bem.

    Diz ao Fábio que fui eu que o sugeri. Estou convicto que não te vais arrepender.
    https://www.facebook.com/pages/Tesouros-da-Medicina-Chinesa/172100439538654

    Orlando Duarte

    ResponderExcluir
  4. Olá João, essa lesão parece-me muito familiar ... é algures entre o tendão de Aquiles e o gémeo? Já tive algo de género duas vezes, e demorou entre duas e 4 semanas a ficar a 100%. Só te posso desejar as rápidas melhoras, para que possas voltar a correr sem dores. Grande Abraço e muita força

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não Carlos, é na parte da frente do tornozelo e ao lado daquele osso saído

      Obrigado, um abraço

      Excluir
  5. Espero sinceramente que ultrapasses. E estou principalmente a referir o que está fora da corrida, porque isso da forma quaisquer 2 semanas e ela adquire-se novamente. O complicado é o resto, mas acredito e desejo que ultrapasses. Abraço

    ResponderExcluir
  6. Força João! Ultrapassa isso com calma!

    Abraço

    ResponderExcluir
  7. Pois eu sei que estarei lá nos 35 km da Maratona de Lisboa, faça sol, ou faça chuva, a gritar, que nem um perdido,: FORÇA TORPEDO AMARELO! Tenho absoluta certeza disso!
    FORÇA CAMPEÃO! (E deixa lá que quanto mais complicada e acidentada é a preparação para uma maratona maior é o prazer de cortar a linha de chegada dos mágicos 42,195 km). ABRAÇO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é verdade!

      Um abraço e obrigado pelo apoio

      Excluir
  8. Amigo, repito o que disse há 2 anos atrás.
    Ah querem-nos colocar obstáculos? Nós treinamos obstáculos! Nós ultrapassamos esses obstáculos!

    E eu acredito que vais ultrapassar esta fase menos boa e que vamos chegar os 3 felizes e super cansados (estamos a falar de uma maratona, não é...eheheh) à meta no dia 18 de Outubro!

    Força padrinho!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Isa

      Beijinhos e boa semana rumo à Rocha da Pena :)

      Excluir
  9. Bora João, ânimo, é só mais um pequeno revés. Nada comparado com o que tiveste que ultrapassar. Um abraço

    ResponderExcluir
  10. Isso vai ao sitio, mais facilmente ou não...mas vai, fibra e força de vontade são qualidades que pelos vistos te são intrínsecas.

    Abraço

    ResponderExcluir
  11. Calma porque ainda falta algum tempo! Boa recuperação! Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos ver se falta...

      Obrigado, um abraço

      Excluir
  12. Força João!
    Não é essa pequena lesão e uns dias sem treinar, que te vão deitar abaixo.
    Sabes quer tens muita gente a torcer por ti, não sabes?
    Tem calma que vai tudo correr bem.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 3 semanas não é assim tão pequena e vamos ver se fica por aqui

      Obrigado Vítor e força para sábado :)

      Um abraço

      Excluir
  13. Olá João,
    Desejo sinceramente que recuperes bem e depressa. É fácil falar mas entretanto, muita paciência... E tudo de bom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Sofia!
      É isso mesmo, é fácil falar mas quando estamos com o problema é que sabemos o que custa.

      Como vai a preparação para o Porto?
      Força!!!

      Beijinhos

      Excluir