domingo, 28 de julho de 2013

27 difíceis (e com pequeno acidente) mas... feitos!

Se compararem esta fotografia com a última, vão perceber qual foi antes e depois...
Antes de falar sobre o motivo do artigo, não quero deixar de congratular todos os ultra atletas que disputaram hoje a difícil Ultra Maratona Atlântica Melides-Tróia. Parabéns!!!

Ao pé deles quase que me envergonho de falar dum treino de "apenas" 27 kms mas aqui vai.

Hoje era dia de 27 kms e o trio era composto por um maratonista de ainda apenas uma Maratona, a que se juntaram os Pré-Maratonistas Isa e Vítor

No meu caso, havia um certo receio pois após os problemas que me afligiram no sábado passado (ler aqui), e ao contrário do que seria de esperar, ainda não estou a 100%, nomeadamente no capítulo energia. Mas a coisa, lentamente, vai melhorando e espero para a semana estar bem melhor.

Hoje escolhemos partir de Cascais, do exacto sítio donde arrancará a Maratona a 6 de Outubro e à mesma hora, 10.05, seguindo pelos passeios marítimos, ou da Marginal na sua ausência, até Belém e depois retornar para Algés onde ficaram os carros.

Reparem bem naquele ponto verde pintado na estrada. É ali o metro 0 dos 42.195 
A temperatura estava acessível, e assim se manteve até perto dos 16 kms, e inclusive no final do 1º quilómetro pingou um pouco. Eu, nada parecido com a semana passada, seguia bem, feliz e contente, em alegre convívio.

Depois o sol começou a aparecer com alguma força, em especial no passeio da Cruz Quebrada onde parece ser sempre mais forte, o desgaste dos quilómetros a passarem, o ainda não estar a 100% idem, e a coisa começou a dificultar aos 17. O que me custou, e eles vão ralhar-me por dizer isto, mas foi o ter prejudicado a partir daí o bom andamento da Isa e Vítor.

Na sempre temível recta de Algés, comecei a ter uma cenoura à frente do nariz. No final dessa recta, passávamos pelo carro, donde tiraríamos mais águas e aproveitava para comer uma fatia dum bolo de laranja que a Isa levou. E, acreditem-me, ela tem mesmo jeito para bolinhos bons!

Estávamos com 20.300 quando pude degustar o belo bolo e isso deu-me um outro ânimo, recomeçando melhor mas aos 21.500 sofri um pequeno acidente. Meti o pé num buraco e bati com força na zona do dedo grande do pé direito. Não me espalhei mas fiquei queixoso do dedo. Cheguei a equacionar ficar por ali depois de ter ensaiado uma passada e sentido dor no dedo. Após me ter descalçado e ter calçado novamente, mas alargando um pouco o sapato, a coisa ficou suportável e decidi continuar.

Passadas estas horas, e após ter colocado gelo como precaução, concluo que o dedo não está inchado e que a zona do embate foi predominantemente na parte superior da unha. 
(Rute, não leias a próxima frase)
Lá será mais uma unha que irá cair.
(Rute, podes retomar a leitura)

Entre os 21.500 e os 25.500 foi o meu período mais complicado, em especial por tentar acompanhar o andamento dos meus dois colegas que, por mais que insistisse, não me queriam deixar para trás. Ora aos 25.500 seguiram e eu adoptei um ritmo que desse para aguentar e aí segui melhor.

Este treino igualou em distância um que fiz na preparação para a primeira Maratona e apenas foi batido por um de 30 nessa mesma altura e, logicamente, pela Maratona.

Gostei muito de ver como a Isa e o Vítor estiveram o tempo todo. Conseguiriam correr mais se necessário. E eu, mais uns dias para recuperar a 100%, estou também no ponto.

O que se conclui é que os nossos grandes adversários vão ser o hipotético calor (já há cunhas metidas ao S.Pedro para esse dia ter uma temperatura fresquinha) e o correr entre as 13 e as 15, mas isso temos que treinar mais.

Eu não disse que as caras não eram as mesmas?

31 comentários:

  1. Muito treinam vocês, felizmente eu apenas corro!
    Bem unhas mesmo com sapatos de trail as vezes lá vai unha contra pedra e na maioria da vezes ganha a pedra!
    Bons treinos que eu vou, tentar, continuar, com as minhas corridas solitárias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na maioria das vezes ganha a pedra? E não será sempre? :)

      Boas corridas, Jorge!

      Excluir
  2. ah pois...as vossas caras não são as mesmas. Mas se na do "depois" mostram um certo cansaço, também encontro nelas uma satisfação brutal! Mais um treino cumprido!

    Um dia destes ainda me junto a vós :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Força Ana! Junta-te! :)

      Beijinhos e bons treinos

      Excluir
  3. Já sabes que acho que caras vermelhonas e suadas são atraentes, por isso gosto mais da segunda foto! ;)

    Estes treinos difíceis vão dar-te uma força no dia M., vais ver! Vai ser um belo recorde, quer-me parecer...

    Beijinhos e boa semana!

    PS: Gostei do aparte, mas vou sempre negar até evidência em contrário!!! :P

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não Rute, não há qualquer ideia de record. Quero é cortar a meta, o tempo não interessa. Talvez para uma outra Maratona mais à frente, possa pensar nisso, agora é só a meta que ambiciono (e já é uma grande ambição!!!)

      Beijinhos e boa preparação para sábado

      ps - Hi hi!

      Excluir
  4. Foi um óptimo treino e com muito boa companhia :)
    Eu também prefiro a última foto, podemos estar mais cansados (muito mais cansados) mas estamos claramente mais satisfeitos e ficamos bem-dispostos para o resto do dia ou mesmo da semana.

    Para mim este treino foi bastante motivador. Fazer 27 km dos quais alguns já foram feitos a partir do meio-dia e ainda por cima acabar com a sensação que podia ter continuado foi fundamental para me fazer acreditar (ainda mais) que vou terminar a maratona em Outubro =)
    Aliás, VAMOS os 3 terminar a maratona em Outubro!

    Beijinhos e ainda bem que o meu bolinho te deu forças extra ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E um bolinho daqueles não daria forças extra? :)

      Estás muito bem lançada para a Maratona! :)

      Beijinhos

      Excluir
  5. Aí estão os 3 magníficos em grande - nada vos para:) Além do longo, treinas-te tb a parte mental, pois tiveste dificuldades e continuaste.
    Abraço

    P.S. Tu e o Vitor parece que estão a "morrer" na 2ª foto - a Isa está com cara de quem ainda está a começar :) ...além das fatias de bolo que dividiu com vocês, deve ter comido mais umas quantas às escondidas :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Carlos, os treinos difíceis são aqueles que mais nos treinam!

      Um abraço

      Excluir
  6. João, ainda bem que a lesão no dedo não é nada de especial. E o andamento não foi prejudicado, deves pensar que somos prós :)
    Gostei da vossa companhia neste grande treino!

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todos gostámos! :)

      E o dedo acabou por ser só susto. Com os problemas que já tive no passado, qualquer coisa dispara-me logo o alarme!

      Um abraço e boa preparação para sábado!

      Excluir
  7. Fantástico treino!!
    João ao ler a parte da batidela no dedo até me doeu a mim... bolas :\
    Aiiii tenho de provar então os bolinhos da Isa :D
    ahah
    Beijinhos e continuação de bons treinos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beijinhos para ti e continuação de bons treinos :)

      Excluir
  8. Estão no bom caminho, força.
    E imprevistos vão acontecer sempre. Já sabemos como é. ;)

    Abraços!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para já, sim. Tempos que nos manter no bom caminho. Como tu sabes, não há espaço para facilitar.

      Bons treinos!

      Um abraço

      Excluir
  9. Gosto mais das caras do "depois"! Cansadas mas muito mais felizes!

    Força!

    (Mas agora toda a gente fala de unhas negras?!?)

    ResponderExcluir
  10. Se todos os treinos fossem faceis, não tinham muita piada.
    continuação de bons treinos.

    ResponderExcluir
  11. Bela treino João. Conheço bem o trajecto e pelo menos o cenário é excelente.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvida que é muito bonito!

      Obrigado

      Um abraço

      Excluir
  12. O quanto eu gosto de ler estes resumos dos vossos treinos e acompanhar a vossa evolução na preparação para o grande dia... Quase que até me dá vontade de fazer uma proeza dessas ;). Continuação de bons treinos e boas férias se for caso disso :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fiona!

      E um dia vais fazer... :)

      Beijinhos :)

      Excluir
    2. Quem sabe se não é na próxima época? ;) Bjs

      Excluir
  13. Olá João,
    Tenho passado por Cascais diversas vezes e ainda não tinha reparado no sinal marcado no piso a indicar o inicio da maratona.
    Apesar de ser a primeira maratona em que vou participar, tenho a sensação que por causa da distancia todas elas irão ser sempre diferentes e nunca vamos ter antecipadamente a sensação de dever cumprido enquanto não passarmos a linha de chegada.
    Resta ter esperança que o treino tenha sido suficiente e no dia não apareça nada que contrarie a nossa vontade.
    Bons treinos

    Manuel Nunes

    ResponderExcluir