domingo, 24 de maio de 2015

Correndo pela Base Naval (e 3 situações inéditas)

Com os amigos Sandra e Nuno

Com Eberhard, a equipa 4 ao Km presente

Cheguei ontem às 400 horas em corrida na 1ª edição da Base Naval do Alfeite, uma corrida dura mas muito agradável e que gostei bastante.

Dia que ficou marcado por 3 situações inéditas. Nunca tinha estado dentro dum submarino, nunca me tinha sucedido não me encontrarem o dorsal e nunca tinha sido anunciado como vencedor de escalão.

Claro que a esta hora já pensam "O João Lima vencedor de escalão?!? Nah... deve ser engano...". Pois se acham que é engano, se acham que não sou capaz de vencer o escalão... pois estão completamente certos! Os detalhes irão seguir pela ordem cronológica.

Primeira edição da Corrida da Base Naval de Lisboa, sita no Alfeite, fazendo parte do Circuito das Forças Armadas, conjunto de 3 provas cuja primeira foi na Amadora (Exército), esta a da Marinha e a próxima a da Força Aérea.

A base tem tal tamanho que pode alojar uma corrida de aproximadamente 10 quilómetros (cerca de 9,5) dentro de si, sem necessidade de repetir percurso nem sair do perímetro.

O trajecto não é fácil, estilo montanha russa, com 4 boas rampas, em especial aquelas duas a seguir ao abastecimento, onde no final da primeira, cortámos à direita, convictos que tinha acabado, e deparamo-nos com uma ainda mais prolongada. Mas tem tanto de exigente e selectivo como de bonito e muito agradável. Uma prova a repetir com muito gosto, sem a menor dúvida, e onde a única coisa que alteraria era a distância ser de 10 quilómetros certos.

Na última subida
Cheguei cedo, faltava mais duma hora, dirigi-me aos dorsais, verifiquei o número de equipa e fui levantar o envelope, que neste caso apenas continha o meu dorsal pois o Eberhard inscreveu-se para todo o circuito e, assim, o dorsal e chip são os mesmos de prova para prova.
Procuraram, procuraram e,,, nada do envelope! O meu dorsal seria o 2049 mas célere e eficazmente foi resolvido o problema, arranjando-me um dorsal dos que estavam para última hora, com o número 2271. Foi a primeira vez que tal me sucedeu, e só não acontece a quem nada faz, mas foi a causa para a tal questão do escalão, como mais à frente entenderão.

Iniciei a prova em bom ritmo, apesar da subida inicial, e mantive esse ritmo constante ao longo do percurso, apesar do forte calor que se fez sentir e das aludidas dificuldades dum percurso que faz o meu jeito.

A passar ao lado duma linda fotógrafa :)
No final, 54.46 de tempo de chip para cerca de 9,5 km, o que considero bem positivo, atendendo às circunstâncias.

A prova foi ganha por Hermano Ferreira do Sporting em 30.30 e Alexandra Alves da Açoreana Banif em 37.57, ficando assim muito perto de conquistar a vitória feminina pois já venceu na Amadora, sendo que o prémio final é a presença na Meia-Maratona de Saint Denis em Paris. 

Na altura dos pódios, a surpresa de ouvir o vencedor M55 ser "João Lima dos 4 ao Km em 38 e qualquer coisa".
Devo confessar que passei por 3 fases. Ao ouvir "João Lima" pensei "olha alguém com o meu nome", ao ouvir "dos 4 ao km" por um segundo pensei "mas não havia mais concorrentes do meu escalão?!?" e ao ouvir o tempo, dirigi-me de imediato a avisar que não podia ser eu pois tinha feito 54 minutos. Verifiquei então que o dorsal que estava na classificação para esse tempo era o 2049... 
Conclusão, alguém terá levantado indevidamente o envelope da equipa e correu com o dorsal que me era destinado. Ora como a organização filmou as chegadas, irá descobrir quem foi o autor de tal façanha...

Tempo para regressar. Fomos dos últimos a sair e, antes de irmos para o carro, fomos a outro parque de estacionamento, o dos navios. Na ponta estava o submarino Tridente. Vimos então 5 atletas a falarem com um oficial e a dirigirem-se para a entrada. Aí apercebemo-nos que poderíamos visitar o submarino e colámo-nos ao grupo, tendo depois chegado mais um casal, sendo assim uma visita de 10 pessoas. E friso aqui o número 11 (contando com o oficial) para salientar o quanto é apertada a movimentação no submarino, não imaginado como será com a lotação de 33 tripulantes.

O submarino

Prestes a descer

A descer
Nunca tinha estado num submarino e deu para aperceber, além do apertado, a panóplia de tubos, válvulas, canos e tudo o mais que estão por todo o lado, num aproveitamento feito ao milímetro. 
Impressionante o reduzido tamanho das camas. E ficámos a saber que aquele submarino até é considerado espaçoso!

A regressar
E foi assim uma excelente tarde de corridas.




33 comentários:

  1. É pá, essa visita deve ter sido um luxo. Também quero... ;)
    Já passei algumas vezes no Alfeite, nos Trilhos de Almada em 2013 e nas meias de Almada. É um espaço fantástico.
    Parabéns por mais uma, ainda por coma sub40. :)

    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Eu gostei mesmo foi da parte do submarino!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Para te estares a queixar do percurso, é porque a coisa não era fácil!

    De qualquer forma está feita! Parabéns pela vitória no escalão Ehehe :)

    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Atenção que não estou a queixar-me do percurso, apenas a constatar que não era fácil mas eu gosto é de provas assim. Prefiro-as a planas :)

      Um abraço

      Excluir
  4. Boa João!
    Correr provas com este calor é à Homem! ehehh

    Abraço

    ResponderExcluir
  5. sim as subidas e o calor às 17h não facilitaram a vida a ninguém... acho que foi a minha primeira e ultima prova feita à tarde

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gosto de variedade e, talvez como tanto treino de manhã como à tarde, não me faz diferença :)

      beijinhos e boas corridas

      Excluir
  6. Bela tarde! Uma corrida desafiante como se gosta.
    E visita ao famoso submarino... :)
    Daqui a duas semanas também mato saudades duma corrida de estrada de 10 km :)

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi sim uma bela tarde :)

      E daqui a duas semanas é mais um aniversario das tuas corridas :)

      Beijinhos!

      Excluir
  7. Se o circuito se mantiver para o ano tenho que ver se o faço, a ideia é muito interessante e pelo que contas, e ao contrário do que podemos pensar, dá para arranjar um circuito interessante numa base militar.

    E ainda tiveram direito a visita :)

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, foi muito interessante.
      A visita não fazia parte do pacote mas foi uma sorte :)

      Um abraço

      Excluir
  8. Mais uma fantástica tarde com amigos :)
    Adorei ter acompanhado mais uma prova das tuas... fiquei cheia de pena de não ter participado, mas adorei ter feito companhia à linda fotógrafa :)

    Foi realmente uma tarde muito bem passada e não fazia ideia que o Alfeite fosse tão grande...Adorei conhecer.

    Venham mais provas :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Venham mais provas contigo a participar :)

      Beijinhos

      Excluir
  9. Parabéns por mais uma prova para o currículo! Deve ser engraçado visitar um submarino. Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É engraçado (e apertado!) sim senhor :)

      Um abraço

      Excluir
  10. Mais uma bela prova e bem feita!!! :)
    Esse pequeno incidente com o teu dorsal deixa muito que falar :\
    Enfim....

    Correu tudo pelo melhor é o que importa!!! :)

    E ainda teve direito a uma visita ao Submarino!!!

    Fantástico!!!

    Grande beijinho

    ResponderExcluir
  11. Bem disseste tu no aquecimento que ia ser uma prova com alguma dureza. E foi !
    Grande sorte terem conseguido visitar o submarino. Se tenho sabido ficava lá de propósito para isso. Quando chegámos ainda perguntámos se dava para visitar alguma das fragatas mas disseram-nos que não era possível.
    Ah, e finalmente lá nos conhecemos ao vivo e a cores :)
    Um abraço e até à próxima corrida !
    Ricardo_A

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, finalmente conhecemo-nos! :)

      Um abraço e boas corridas

      Excluir
  12. Olha que 3 situações inéditas para um "Papa Provas" como tu não é fácil, então as 3 numa única prova??? ..... parabéns por mais uma!!! Nunca estive nem perto de um submarino... tb quero!!!! :)
    Aquele abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, tudo aconteceu no mesmo dia :)

      Um abraço

      Excluir
  13. Uma prova que inclui visita a submarino?? Também quero! :)
    Chegaste a saber quem foi o João Lima duplicado?? Nada como ser original!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A prova não incluía a visita ao submarino. Foi uma questão de sorte em ter visto os outros a convencerem o oficial a mostrar :)

      Não, não cheguei a saber quem foi o artista que levantou o envelope da nossa equipa e correu com o meu dorsal...

      João Lima (dos 4 ao Km) há só um, eu e mais nenhum :)

      Beijinhos

      Excluir
  14. Bem...essa Corrida foi só aventuras :) E podias muito bem ter ganho o escalão...só não podias se nem sequer participasses, aí sim, era impossível :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim... no dia que corra só eu, ganho :)

      Beijinhos, Ana

      Excluir
  15. Eu quando era miudo, estive dentro do Barracuda, exactamente na base do Alfeite, no decorrer de uma visita de estudo!

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Segundo o oficial, ainda era mais apertado!

      Um abraço

      Excluir
    2. Calculo bem que sim, eu devia ter talvez uns 12 anos e já me senti apertado lá dentro, quanto mais me sentiria hoje com a minha altura.

      Um abraço

      Excluir
  16. Grande desempenho João, continuas em boa forma. Estou para ver quando começares a preparação para a Maratona.

    Grande Abraço

    ResponderExcluir