domingo, 30 de novembro de 2014

Um sucesso a Corrida Juntos Contra a Fome em Cascais

Com a Mafalda, que foi à caminhada, e a Joana que anda a evoluir de prova para prova

Com filha e pai, Joana e o sempre bem disposto João Branco

Com Eberhard e Afonso, dois dos atletas que participam em mais provas

Os atletas são solidários e mais uma vez se provou com a 1ª edição da Corrida Juntos Contra a Fome, com mais de 2 mil inscritos na corrida de 10 km e mil na caminhada de 5 km.

A Campanha “Juntos Contra a Fome” é uma iniciativa desenvolvida em parceria pela Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) e a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), com o objectivo de mobilizar a sociedade para o processo de construção de uma Comunidade de povos livre da fome.

Se o sucesso da iniciativa está directamente ligado à participação activa, também a nível do evento propriamente dito, a corrida, tudo esteve muito bem organizado, não tendo descortinado qualquer ponto a melhorar, o que mais é de louvar por ser primeira edição, demonstrando todo o empenho que a equipa organizativa demonstrou.

E até S.Pedro colaborou com um tempo seco, sem vento e com temperatura ideal para correr, o que juntando à beleza do percurso junto ao mar, mais ajudou a termos desfrutado uma rica manhã.

Acabaram por se classificar 1.410 atletas sendo 400 do sexo feminino, o que dá a excelente média de 28,4% de participação feminina.
Para a história ficam os nomes dos vencedores, Rui Pedro Silva em 32.11 e Cláudia Pereira com 36.36

 A escassas centenas de metros da meta
Sobre a minha corrida, acabou por ser muito melhor do que receava. Se a de Mendiga na semana passada tinha sido muita boa e sinal que estava num momento positivo, esta semana foi difícil com o aparecimento duma dolorosa infecção numa gengiva, de tal forma que obrigou começar a tomar antibiótico. E o que temia, concretizou-se, o antibiótico fez renascer aquele problema intestinal que me afectou durante 2 meses e que iniciou-se também com um antibiótico, diferente deste mas com o mesmo princípio activo. Certo que na altura coincidiu com outras estranhas situações mas depois de ter sofrido aquilo durante 2 meses, compreenderão o medo que tenho agora de poder estar, eventualmente, a reviver a mesma situação.

Ora foi assim debilitado por esta situação, e após uma semana em que corri apenas 5 km, que me apresentei à partida. Depois duma fase de estudo no primeiro quilómetro, decidi ir à luta por uma corrida jeitosa, até onde desse e, com esforço, lá aguentei os 10 km, finalizando em 54.28, o que é um tempo bom para mim, sendo mesmo a minha 3ª melhor marca do ano nesta distância, e por alguma margem. E se no 8º km senti algumas dificuldades, não perceptíveis pelo relógio, no último km ainda fui buscar genica para marcar 4.55

Apesar de orgulhoso pelo tempo, cortei a meta preocupado com o hipotético desenrolar da situação. Diz-se, e bem, que gato escaldado da água fria tem medo.

Para a semana participarei na Meia dos Descobrimentos, onde apontava para um determinado tempo mas vamos ver como vou reagir a mais uma semana assim.    




O simbolismo da união de povos

14 comentários:

  1. Grande tempo ainda por cima com esses problemas todos.
    Vais ver que tudo vai voltar ao normal e para a semana sai esse tempo que queres!
    Um abraço CAMPEÃO!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só espero que tenhas razão, Jorge. E não estou a falar pelo tempo na Meia mas não quero passar pelo mesmo.
      E logo agora que vou começar a operação Paris 2015!

      Um abraço

      Excluir
  2. Bela prova e bela iniciativa. Parabéns e que esta semana já esteja tudo a 100%, não pela meia Maratona de domingo (que corra bem) mas por ti.
    Grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Carlos, assim o espero

      Um abraço

      Excluir
  3. Belo tempo, apesar de tudo.
    Vamos esperar que o "mau estar" não passe disso mesmo e que na próxima semana estejas em grande.
    Encontramo-nos por lá. ;)

    Abraço e rápidas melhoras!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Pedro e até domingo.
      A ver se desta fez não faço "cara de mau" ao ir para a meta :)))

      Um abraço

      Excluir
  4. Bom Tempo João, e de certeza que esse problema foi só um susto.

    Quando começares a operação Paris temos de combinar uns longos.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exacto João, já te vou enviar um mail

      Um abraço

      Excluir
  5. Sempre em grande, João. :)

    Vi algures que quem levava o dorsal da vencedora era um homem... :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Era bom que fosse sempre em grande... é só às vezes :)

      Não confirmo isso da vencedora. Quem ganhou foi a Cláudia Pereira e posso garantir que era ela mesmo pois vi-a quando o pelotão se cruzava e ela já liderava directo à meta.

      Um abraço

      Excluir
  6. Muitos parabéns amigo!
    Estás em alta. Podes ter alguns problemas físicos mas estás a fazer provas bem boas!!! Por isso não tens razão para desanimar, ok?
    Aposto que na Meia dos Descobrimentos vais fazer um mega tempo! :)

    FORÇA!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, amiga, mas isto não tem estado fácil. Não estou preocupado com tempo na Meia mas sim isto passar...

      Quanto às boas provas, continuo a associar ao novo plano nutricional e á energia que daí retiro :)

      Beijinhos e força também para ti para uma excelente Meia!

      Excluir
  7. Bem a modos que ando a fazer comentários e o telemóvel anda-me a enganar eheheh
    Espero que este envie :D

    Pois mais uma valente prova ainda por cima nessas condições em que te enconravas menos favorável.
    És grande amigo... e quanto a isso nada a dizer.
    Espero que esse "problemazinho" não tenha voltado mas sim apenas um pequeno "susto"...

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este chegou :)

      Até agora, o susto continua... :(

      Beijinhos

      Excluir