segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Coimbra tem (ainda!) mais encanto na hora da Meia-Maratona

Em Coimbra com os amigos Sandra e Nuno num dia muito bem passado!

Ontem foi um dia de grandes emoções e orgulho. E quero aqui expressar as minhas felicitações a 4 atletas dos 4 ao km que brilharam. 
A Isa, Vítor e Rute estiveram no extremamente duro Ultra-Trail da Serra d'Arga, 53 km de grandes desafios, tendo todos cortado a meta de forma magnífica. Para a Isa e Vítor trata-se de novo record de distância por mais 9 quilómetros, para a Rute a segunda prova na casa dos 50.
Mais a leste, na Maratona de Varsóvia, o Carlos concluiu a sua 3ª Maratona. E por falar em Maratona, ontem foi um dia histórico por se ter quebrado a barreira das 2 horas e 3 minutos com novo record mundial de 2.02.57, marca alcançada em Berlim, prova que o amigo Manuel Sequeira esteve presente na que foi a sua 25ª Maratona.
Portanto, e como se pode constatar facilmente, foi um dia de grande emoções e muito orgulho. Parabéns amigos!!!

Com a minha imprescindível companhia, Mafalda 
Coimbra tem mais encanto, é uma frase feita mas muito verdadeira. Coimbra é uma cidade linda onde se respira conhecimento e liberdade. E correr em Coimbra, o que me sucedeu pela primeira vez, é especial.

No pátio da Universidade
A 1ª Meia-Maratona de Coimbra, Corrida do Conhecimento, foi muito bem organizada, com constante preocupação pelo atleta e por deixar uma marca em todos. 

Pelo que vi, é uma Meia com potencial para se tornar das maiores do país, muito acima dos 693 classificados de ontem, e a cidade e a organização bem o merecem.

Paralelamente, decorreu uma Mini de aproximadamente 10 quilómetros, com 435 participantes, e uma caminhada muito concorrida.

Animação a cargo de tunas
Início na Universidade de Coimbra, passagem junto ao Jardim Botânico, e vinda até à margem do Mondego, acabando por atravessar a ponte para o lado de Santa Clara, passagem junto ao Mosteiro, Quinta das Lágrimas, Portugal dos Pequenitos e meta no Forum Coimbra. 
Um percurso aliciante mas onde o calor atacou, em especial do lado de Santa Clara, onde esteve muito quente.  

O último quilómetro, entre Portugal dos Pequenitos e o Forum Coimbra, debaixo dum sol abrasador
Para a história, ficam os nomes dos vencedores, José Moreira do Benfica (1.08.04) e Anália Rosa do Maratona (1.15.49)

Felizes e contentes!
Como estava a precisar duma corrida destas!!!

Como se sabe, os últimos tempos não têm corrido como era desejável e os níveis de confiança para a Maratona do Porto estavam a vir por aí abaixo aos trambolhões.
Era muito importante que nesta corrida a situação se invertesse e sentisse bem, afastando aquelas enormes quebras das últimas semanas.

Parti com a Sandra e cedo constatei que não estava a carburar bem. Ia num certo esforço e o relógio indicava que ia lento, o que era preocupante pois aquele ritmo inicial era de Maratona e teria que ser confortável e nada desgastante. 
Essa sensação durou até cerca da passagem pela Ferreira Borges (4 km) onde comecei a sentir-me mais solto de pernas, não de cabeça pois a falta de confiança durou até aos 10 km, de forma mais acentuada até aos 7.

Aos 10, comentei com a Sandra "Como é que faria agora mais de 4 vezes esta distância? Eu não vou conseguir no Porto!".
Entretanto a Sandra teve que ficar para trás para ir a um café para uma "paragem técnica" e segui sozinho. 

Vitória!
E aqui, fez-se valer a força mental. Comecei a ter "raivinhas" da frase que disse (que não ia conseguir no Porto) e, tal como sucede várias vezes quando me "enraiveço", transformei-me por completo. 
De repente comecei a aumentar o ritmo e a notar que estava a ultrapassar vários atletas e, o mais importante, a sentir-me bem e com força. De tal maneira bem que acreditei que o ritmo agora imposto iria durar até ao final, sem quebras, e que iria ser recompensado com bom tempo, apesar do calor que se fazia sentir.

E aí fui, nunca quebrando um só metro que fosse, mesmo quando passei a ponte para a outra margem onde não estava apenas calor mas muito, muito calor. Mas nada me parava. E se até ao momento da transformação ia com um tempo que daria no final 2.21 / 2.22, a perspectiva de tempo final passou a centrar-se em 2.16, depois 2.15, 2.14, até fixar-se nos 2.13 no último quilómetro, para nos últimos metros descer mais um minuto, cortando a meta em 2.12.43 e uma enorme alegria e alívio.

Alívio porque constatei que há esperança para o Porto. Posso não estar na forma desejável, muito longe disso, o pouco tempo que falta não vai dar para a recuperar completamente, mas há evolução e esperança. 
Ontem fui eu!



Olhem só o estilo dos meninos com uns óculos oferecidos pelo Forum Coimbra

30 comentários:

  1. Amigo João.
    Parabéns por mais uma vitória conseguida.
    E o Porto aí tão perto...
    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Boa João, mais uma para o curriculum e um bom teste para o Porto!
    Bom relato!

    Abraço

    ResponderExcluir
  3. É pá, o óculo amarelo quase que abafa o resto do post. ;)
    Parabéns João. Mais importante que os tempos e os ritmos é a tua disposição. E se te sentiste bem isso é o mais importante. E é isso que deves reter.
    Forte abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eh eh, fica-me mesmo a matar não?!? :)

      Eu dizia que queria que esta me corresse bem. E quando dizia bem, não era a pensar em tempos mas acabar a sentir-me bem.
      Ora acabei por juntar o sentir-me bem a um ritmo muito bom na 2ª metade o que me veio dizer que o João ainda cá está e que se corro assim na 2º metade estou com estofo para, com um ritmo mais adequado, ir para outra distância! :)

      Um abraço Pedro e dá-lhe no domingo!!!!!!!

      Excluir
  4. No campo das emoções és um autêntico atleta de trail: sempre cima-abaixo!! :))))
    Faz parte João e tu bem sabes... Uns dias bons outros não. Continua a treinar, continua focado no teu objetivo. Sabes que no dia tudo é diferente. Tu sabes...
    Beijinhos e EU ACREDITO!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Anabela, eu sei que faz parte o cima-abaixo, o problema é que andava abaixo-abaixo-abaixo-vai subir um pouco?-não!-abaixo-abaixo!
      Vamos ver se no domingo se mantêm a tendência :)

      Beijinhos e obrigado pelo teu acreditar :)

      Excluir
  5. Olá João.

    O fundamental foi a sensação, que foi muito boa no final.
    Muitos dias "não" dão cabo dos nervos a uma pessoa.

    Domingo vamos ser muitos a correr, espero que isso ajude e eleve os níveis de confiança.

    Irás olhar para quem estiver a correr os 42kms, irás certamente lembrar momentos inesquecíveis. Isso irá dar-te força e fazer-te acreditar.

    Boa semana

    Manuel Nunes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Decerto que sim.
      Muita força para domingo!!!!!

      Um abraço

      Excluir
  6. O TORPEDO AMARELO VOLTOU! O TORPEDO AMARELO VOLTOU! O TORPEDO AMARELO VOLTOU! O TORPEDO AMARELO VOLTOU! O TORPEDO AMARELO VOLTOU! O TORPEDO AMARELO VOLTOU! O TORPEDO AMARELO VOLTOU! O TORPEDO AMARELO VOLTOU! O TORPEDO AMARELO VOLTOU! O TORPEDO AMARELO VOLTOU! O TORPEDO AMARELO VOLTOU! O TORPEDO AMARELO VOLTOU! O TORPEDO AMARELO VOLTOU! O TORPEDO AMARELO VOLTOU!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OBRIGADO JORGE! OBRIGADO JORGE! OBRIGADO JORGE! OBRIGADO JORGE! OBRIGADO JORGE! OBRIGADO JORGE! OBRIGADO JORGE! OBRIGADO JORGE! OBRIGADO JORGE! OBRIGADO JORGE! OBRIGADO JORGE! OBRIGADO JORGE! OBRIGADO JORGE! OBRIGADO JORGE! OBRIGADO JORGE! OBRIGADO JORGE! OBRIGADO JORGE! OBRIGADO JORGE! OBRIGADO JORGE! OBRIGADO JORGE! OBRIGADO JORGE!

      Excluir
  7. Grande João...é essa "raivinha" que te vai levar a cortar a meta no Porto. Espero que esta prova ajude a fazer aquele "click" que às vezes precisamos que se faça.
    Muitos parabéns por mais uma, pelos vistos muito bonita e bem organizada. E muitos parabéns tb a todos os 4 ao km que estiveram espalhados por este mundo fora...os amarelinhos são uma super-equipa :)
    Grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Carlos. Espero que tenha dado o tal click! :)

      Um abraço

      Excluir
  8. Parabéns João, ainda bem que as coisas começam a entrar na Linha, a partir de agora só paras na meta no Porto.

    FORÇA

    Abraço

    ResponderExcluir
  9. Nada como uma bela corrida para voltar a levantar a moral. Parabéns João e força até ao Porto.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o que estava a precisar!

      Um abraço e MUITA FORÇA para domingo! :)

      Excluir
  10. Grande João, parabéns por mais uma meia e acima de tudo ainda bem que ânimo voltou! Essencial para o que se aproxima no Porto!

    Um abraço

    ResponderExcluir
  11. PARABÉNS A TODOS OS ATLETAS DOS 4 AO KM!!!!
    Vocês são um orgulho :)

    O Torpedo amarelo fica mesmo bem com óculos a condizer :)
    Acho que são essas "Raivinhas" que te levam tão longe, amigo!!!

    Grande força de vontade a tua.... sou mesmo tua fã... sei das dificuldades que tens atravessado... e portanto.. és um Herói!

    Beijinhos e venha o PORTO :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Sandra pelas tuas palavras e pela tua preciosa ajuda na primeira metade, a difícil.

      Beijinhos :)

      Excluir
  12. Olha quem voltou!
    Bem vindo!
    abraço!
    PS: Essa malta dos 4 ao Km correm que se farta!

    ResponderExcluir
  13. Parabéns, João! Prazer em rever-te! Também eu não sei se estarei em condições de fazer o Porto, mas guardo essa decisão para mais tarde. Força! Grande abraço
    PSousa

    ResponderExcluir
  14. Ahaha essa última foto está genial! Lindos. :)
    Obrigada João!
    E muitos parabéns! Se tiver que ser com um bocadinho de raiva, que seja! Mas não tenho dúvidas de que vais conseguir. Somos fortes! :D
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  15. João, obrigado pelo enorme apoio no desafio Arga.
    Mas acima de tudo, parabéns pela muito boa marca que fizeste nesta meia de Coimbra.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O apoio ainda foi pouco para o que vocês merecem :)

      Um abraço

      Excluir