domingo, 21 de setembro de 2014

14 antes + 10 do Destak e a problemática dos níveis de confiança

A 100 metros da meta

Hoje foi dia de cumprir 24 quilómetros, englobando-os na 7ª Corrida do Destak, com um treino de 14 km antes.

Para tal, saí de Porto Salvo em direcção a Caxias (a partir de Paço d'Arcos pelo meio da Marginal pois hoje foi manhã sem carros), dando a volta até Carcavelos para chegar junto à partida por volta dos 13 km, dando uma volta de 1 km ali, perfazendo 14.

Os níveis de confiança andam a ficar abalados e isso notou-se nos 2 primeiros quilómetros. Depois, como estava a sentir-me bem, a confiança ganhou alguma força e, ajudado pela temperatura fresca que se sentia, com a chamada chuva molha tolos à mistura, acabei por fazer bem esses 14 km, a ritmo de Maratona, média de 6.20, terminando a 8 minutos da partida do Destak.

Encontrei-me com os restantes elementos da equipa presentes (Joana e Eberhard), mais o João Branco e aí fomos. 

A intenção era correr com a recém chegada à equipa Joana Ruivo mas só deu até aos 5,5 km pois o seu ritmo estava demasiado rápido para mim, após fazer 14 antes, e o cansaço começou a aparecer. Até então, 19,5 km no total, estava tudo a correr bem e parecia ir ser uma manhã de evolução em relação aos últimos treinos longos. 

Mas... ainda faltavam 4,5 e dei um estoiro que se deve ter ouvido na outra banda! O que me valeu foi a preciosa companhia do Isaac que me ajudou a chegar à meta e a quem agradeço.

Claro que com isto ainda não foi hoje que os níveis de confiança subiram, pelo contrário, levaram novo rombo o que me está a deixar preocupado para o Porto.

E a principal razão nem foi pelo estoiro mas pelas reacções depois. Tal como sucedeu nas Lampas, nos últimos 4 km não tinha qualquer energia e depois de parar fiquei cerca duma hora a sentir alguns tremores internos, o que não me recordo de alguma vez ter acontecido e agora foram 2 vezes em 2 fins-de-semana.

Aquele misterioso problema intestinal (nunca soube o que foi) que me afectou durante 2 meses terá minado a minha resistência e agora está difícil recuperar.

Estamos a apenas 6 semanas e pouco tempo para construir uma melhor forma mas continuo sempre na luta. Nas próximas 3 semanas vou participar em 3 Meias (Coimbra, Vasco da Gama e Moita) e era bom que me corressem bem.
E quando digo correr bem, não me refiro a grandes tempos mas acabar a sentir-me confortável e com a sensação que corria um bom bocado mais.

Quanto à corrida de hoje, tudo dentro da organização habitual, sempre ajudado pelo belo percurso.

Os vencedores foram Emiliano Vieira da RB Running em 31.18 (a 2ª melhor marca deste percurso apenas batida pelo tempo de 2009 quando Ricardo Ribas registou 30.37) e pela já vencedora da edição de 2010, Ana Mafalda Ferreira do Estreito que bateu o record do percurso no sector feminino, baixando dos 36.48 que a Sandra Teixeira marcou no ano passado para 36.10

Classificaram-se 2.098 atletas, menos 474 que no ano passado e a 843 do record de 2011, a 2ª mais fraca participação. 
Apesar da quebra ser acentuada, este ano muitas provas têm diminuído de participação, não por haver menos gente a correr, pelo contrário, mas pelo facto de cada vez coincidirem mais provas no mesmo fim-de-semana e os calendários estarem a ficar muito compostos.




Não queria terminar sem uma pequena homenagem ao Manel que nos deixou há 2 dias.

Manel 2003-2014

O Manel foi um gato bonzão, muito amigo e puro na sua relação e foi uma enorme alegria ter o prazer da sua companhia nos 11 anos que nos adoptou.

34 comentários:

  1. Olá João,

    Tudo se recupera... aos poucos vais lá, acredita!

    Fizeste um bom treino... juntando as meias maratonas que aí vêm, vais ver que vais ser muuuiiitttooo feliz no Porto, tal como foste em Sevilha :)

    Queria deixar um grande beijinho muito sentido pelo Manel...

    Um grande beijinho de muita força para ti amigo... No que eu puder ajudar-te... lá estarei :)

    ResponderExcluir
  2. Boas João,
    Por acaso ouvi um estoiro na outra banda...pensei que fosse das Festas da Moita, mas afinal foste tu! :)

    Gabo-te essa força de vontade, em insistir na preparação para uma maratona, apesar de sentires que as coisas não vão da melhor forma! Eu já tinha desistido da ideia há muito tempo. E talvez por isso me prepare apenas para provas de 10 kms. Por isso há que louvar o teu esforço! Força! Não desistas!

    Um abraço extra pelo Manel!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Luís. Enquanto houver esperança, luto sempre, mesmo quando não há. Se desistisse da ideia por não estar em condições, nunca teria ido a Sevilha e teria perdido a que foi a corrida da minha vida :)))

      Um abraço

      Excluir
  3. Então o estoiro que ouvi aqui no domingo foste tu! Está explicado!
    Com mais ou menos percalços sei que vai despachar a Maratona do Porto em grande estilo, como só tu o sabes fazer... Ainda para mais constou-me que vais ter um jantar especial na véspera em que vai ser servida uma ementa especial para papar quilómetros:)

    O Manel devia ter o orgulho imenso em ter um amigo assim: atleta com A grande e coração ainda maior!
    Forte abraço campeão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. He he, esse jantar vai dar-me asas para o dia seguinte! :)

      Obrigado pelas tuas palavras

      Um abraço

      Excluir
  4. Se te serve de consolo, à hora da prova ainda estava em casa (na margem sul) e não ouvi estouro nenhum. Não deve ter sido lá grande coisa. Corre mas é e deixa-te de lérias.
    Vais fazer a meia da Vasco da Gama? Faxavor de estar no finalzinho à espera deste (e dos outros) teu(s) amigo(s). Ouvistes?
    E fica a minha homenagem ao teu Manel que é tão parecido com o meu Fred. Parentes talvez?
    Aquele abraço, Atleta! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh Pedro... Tu vais cortar a meta na Maratona primeiro que eu corte a da Meia. Não te esqueças que partes às 8.30 e eu 10.30... :)

      Um abraço, Pedro

      Excluir
    2. Tens razão, correndo tudo bem devo chegar primeiro. Nem fiz contas. Mas havemos de nos cruzar. ;)

      Excluir
    3. Tu não és lento em Maratona e eu não sou rápido em Meia, logo... chegas primeiro :)))

      Um abraço e FORÇA!!!

      Excluir
  5. João queria muito encontra-me contigo no Porto , por isso vamos lá ver se levantas essa moral.Olha não vale a pena correr de uma forma "forçada"tens que te sentir bem , quanto a esses tremores devem estar relacionado com o que comestes (ou não) durante o esforço , eu também era assim e ultimamente nos treinos longos não abdico de algo para comer , ontem corri 22km e imagina que vinha a sentir falta de açúcar parei e fui a uma vinha comer uvas que estavam doces , acredita que fiquei bem melhor.Muito animo e grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Joaquim, bem ou mal a gente encontra-se no Porto!

      Não penso que seja isso mas vamos ver

      Um abraço e obrigado

      Excluir
  6. Melhores treinos virão João, força nisso.

    Abrçao

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso, João

      Força para Domingo! :)

      Um abraço

      Excluir
  7. Tão bonito o Manel...
    Quero acreditar que esta falta de confiança é só uma fase e que as últimas provas são os ensaios gerais desastrosos antes da estreia em grande. Força nesse luta!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Manel além de ser bonito, também era muito bom e generoso.

      Quanto ao que dizes, estou a precisar de confiança. Pena não se vender em pó...

      Beijinhos :)

      Excluir
  8. Antes de mais os meus sentimentos pelo Manel,. Acredito que tenha tido uma vida boa, cheia de afecto e também que as boas recordações vão permanecer para sempre.
    Quanto a ti, as coisas não estão fáceis, mas tu és um lutador, um campeão e acredito que dia 2/11 vais cortar a meta e concluir a 3ª (de muitas) Maratona...e se tudo correr bem eu estarei presente :)
    Grande abraço e força, insiste pq se começou mal vai acabar em grande

    ResponderExcluir
  9. Eu acredito!
    Ainda tens algumas meias maratonas até lá e no grande dia tudo irá correr bem pois estarás num bom dia, no teu dia! E vais conquistar o Porto tal como conquistaste Sevilha.

    Tive o privilégio de conhecer o Manel e de lhe fazer uma festinha e bem vejo como os vossos gatos são acarinhados. O Manel não poderia ter tido melhor família.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelas tuas palavras!

      Beijinhos, amiga, e força!!!! :)

      Excluir
  10. Olá João. Vais ver que vai acontecer como em Sevilha. Uma má preparação, resulta numa excelente prova. Por isso, é levantar a cabeça.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Tigas!
      O facto de ter o exemplo de Sevilha (onde na realidade não estava em condições devido à infecção pulmonar) é uma grande bengala para o Porto.

      Um abraço e muita força para daqui a 12 dias! :)

      Excluir
  11. Melhores dias virão e se a falta de força é sempre por volta desses km que tal um reabastecimento, levas uma sandes de courato e ... :)

    Ontem tive uma manhã livre e aproveitei para ir correr o que pensave ser um belo longo...vai valia ter fiacado em casa a limpar o pó!
    Estava em monsanto, a temperatura não era muito elevada, mas estava um tempo algo pesado e assim que comecei senti-me pres, em esforço, mas insisti...durante cerce de 4 km...depois fiz trail a passo até ao carro...e ainda descobri que as minhas sapatilhas têm buracos na malha para arejar!!!

    Manhã perfeita, portanto...

    Ou seja, espero que a 2 de novembro, que é um domingo, no Porto, esteja fresco, se não a minha estreia vai ser sofrida...

    Abraço e, pelos bigodes se percebe que o Manel era muito querido aí em casa.

    ResponderExcluir
  12. Como bem sabes, essas oscilações na confiança durante a preparação para uma Maratona, são muitos naturais.

    Mas acredito que chegado o dia, vai correr muitíssimo bem! Porque tal como dizes, desistir é que não, baixar os braços é que não. Um treino que nos desaponta e logo vem outro que nos enche de optimismo e motivação. E assim, passo a passo, chegamos lá! (Chegamos, salvo seja, chega quem de facto não desiste pelo caminho :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, sei que uma preparação é um carrossel de emoções. O problema é que em vez de ser "em cima, em baixo, em cima, em baixo", está a ser demasiado "em baixo, em baixo, vai subir um bocadinho?, outra vez em baixo, em baixo".
      Mas pode ser que seja do estilo "De derrota em derrota até à vitória final!" :)

      E contigo, como vão as coisas?

      Beijinhos

      Excluir
  13. Isto parece um dejavu. Preparação desanimadora e depois o cerrar de dentes e o cortar da meta. Daqui a um mês e uma semana aqui estaremos no blog para ver a foto de medalha ao peito.
    Um grande abraço pelo Manel.
    Ricardo_A

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos ver. As situações são diferentes e não há duas Maratonas iguais.

      Obrigado, um abraço

      Excluir
  14. Olá João,

    Quando não nos sentimos bem (fisicamente) começamos a ficar com duvidas. Já não temos 20 anos (que pena) e qualquer alteração faz diferença.
    Esses problemas devem ter afectado certamente, agora é esperar que estas próximas semanas as coisas melhorem. O treino? esse acho que está feito, temos experiência e distancias percorridas suficientes para cumprir o objectivo.
    Contra mim falo pois também tenho sempre duvidas se fiz os kms suficientes.
    Temos que acreditar que as coisas irão correr bem no dia da prova, a parte psicológica forte pode ser uma grande ajuda.
    Dia 5 pode ser cheguemos á mesma hora á meta. :)
    Boa semana,

    Manuel Nunes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Manuel Nunes e muita força para dia 5. Que seja um dia inesquecível! :)

      Um abraço

      Excluir
  15. Oh em primeiro lugar deixa-me dar-te os sentimentos pelo Manel... Ele estará lá em cima a olhar por vós :D

    Quanto á falta de confiança... eu tenho a certeza que essa confiança não tarda em aparecer... basta a Meia de Coimbra correr bem, que vai correr, e tu voltas a ser o mesmo :D

    Força Padrinho!!!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Marta. Esperemos que sim! :)

      Beijinhos

      Excluir