segunda-feira, 10 de junho de 2019

Por dentro da Autoeuropa, em forma de melhor marca do ano aos 10

Os 4 ao Km presentes (Eberhard, eu, Isa e Vitor)

Disputou-se a 8ª edição da Corrida Volkswagen, evento que fez história em Portugal em 2012 por ter sido o primeiro a atravessar o interior duma linha de montagem automóvel, momento alto do seu percurso. E hoje fez história ao ser a primeira corrida em Portugal a utilizar o Ooho, uma forma original de bebermos água sem utilizar plástico (ver imagem mais em baixo). 

Estive presente em ambas estas corridas e ainda em 2014. Por razões de calendarização, nos últimos anos não me foi possível participar mas espero estar nos próximos pois esta é uma prova diferente e, como sempre, superiormente organizada pela HMS!

Apesar de ser um fim-de-semana com muita gente fora pelos feriados, o número de classificados ultrapassou o milhar (1.030) e viu pela 7ª vez consecutiva Nélson Cruz triunfar. Um verdadeiro monopolista de vitórias! Só não venceu na 1ª edição... em que não esteve presente.
A vencedora feminina foi Sara Carvalho que bisou a sua vitória de 2013.

O Ooho
Antes de falar da minha prova, dou a minha opinião do Ooho. Tem que se arranjar soluções alternativas ao plástico e o Ooho é uma tentativa. Se será a melhor solução? Não mas tem que se ir experimentando e fazendo concessões em nome do futuro do planeta. 
O que achei? A quantidade de água é pouca e o seu sabor neutro. Não desgostei do sabor, ao contrário de várias opiniões contrárias. A maneira como se trinca é fácil, espalhando-se o líquido pela boca mas o invólucro, apesar de ser comestível, achei-o meio estranho e deitei-o fora. Pode ser apenas uma questão de hábito.
Qual a maior diferença em relação ás garrafas? É que nestas podemos beber e deitar o resto pelo corpo para o arrefecer em dias de calor. 
Há que ir tentando para se melhorar sempre em busca da melhor solução e a organização esteve de parabéns por esta inovação pois não fica à espera que suceda, faz acontecer!

Quanto à minha corrida, a melhor notícia (grande alívio) é que a parte gástrica estava bem, aliás esta foi uma semana melhor, e isso notou-se logo na facilidade de andamento.
Apenas uma impressão nos joelhos que dura há cerca duma semana e que incomoda sem prejudicar.

Fiz um bom aquecimento e logo de início impus o ritmo que julgava ser o ideal o que, felizmente, confirmou-se, pois dava para manter e sentir que estava no limite actual.

A intenção era bater a melhor marca do ano aos 10 (54.21 na APAV) entrando no minuto 53.

Até perto dos 5 tudo ia controlado para esse objectivo, a partir daí continuei no mesmo ritmo mas meio perdido em relação a médias pois entrámos na linha de montagem e o relógio perdeu o satélite. À saída, não só o apanhou novamente como recuperou a distância mas calculando a linha recta desde a entrada e saída, quando andámos nalgumas voltas, passando a ter um deficit de algumas poucas centenas de metros.

Sem dúvida que esse momento é especial ao passarmos debaixo de carros que seguem na linha a uns 3 metros de altura, ainda apenas em chassis, depois ao lado de montados parcialmente até aos completos. Muito interessante e tudo muito limpo! 

Após sairmos da linha de montagem continuámos a circundar os mais diversos armazéns e depois percorremos uma recta a ser feita em ida e volta. Foi aí que fui apanhado pela Isa e Vítor que seguiram muito bem, desaparecendo em poucas centenas de metros. Foi um regalo vê-los assim a correr tão bem, indiciando muito boa forma!

Mantive sempre o mesmo andamento e pelas placas ia percebendo que o minuto 53 era uma certeza e não seria alto. 

Perto do quilómetro 9 entrámos numa zona de robots e quando saímos foi dar o resto que ainda tinha pois cheirava a meta. Percebi pelo tempo que seria 53 muito baixo, o que era uma machadada na melhor marca do ano por mais dum minuto.

Quase na meta
Dei tudo em cima da meta e fui surpreendido quando a cortei ao ver 52.58! Afinal ainda entrei no minuto 52 e o corte do anterior melhor do ano foi de 1.23, perto de minuto e meio.

Meta
Se dúvidas houver se me esforcei bem, a cara é como o algodão, não mente!
Fiquei muito satisfeito com a minha prestação, aliando a alegria e prazer de estar num evento destes e com bons amigos ao lado. Não há melhor! 

Próxima prova, Corrida Rota Fonte da Pipa em Torres Vedras. Um percurso de 12,3 km muito bonito!

Uma boa semana a todos!




14 comentários:

  1. Foi uma excelente manhã entre amigos e a correr na fábrica da Autoeuropa. Uma experiência única!

    Muitos parabéns pelo melhor tempo do ano!
    E em força para a próxima!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado e muitos muitos parabéns pela tua fantástica corrida!!! :)

      Beijinhos e força para as próximas que estão muito bem :)

      Excluir
  2. Ganda João, a começar a colher os frutos das preparações das maratonas ;) … sigaaaa … muitos parabéns e aquele abraço forte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Carlos! Sim, preparação para Maratona dá muita estaleca :)

      Um abraço

      Excluir
  3. Caro Joao,
    Grande esforço, valeu uma boa marca.
    Parabéns 💪
    Agora, só não entendo qual a razão porque não saíste da Auto Europa ao volante de um carrinho.
    Não digo um Tiguan mas, pelo menos um Golf GTI.
    Seria por não teres contigo a carta de condução?
    Assim, para o próximo ano já sabes, levas a cartinha contigo e sais em quatro rodas😁
    Abraço
    MIKE
    Happyrun

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha,não percebi porque não ofereceram um carro a cada atleta. Estavam tantos cá fora, novinhos em folha!!! :)

      Obrigado e um abraço

      Excluir
  4. Muito bom, João!De volta aosgrandes posts/marcas. Parabéns!
    imagino que "alivio" assente mesmo como uma luva em relação aos teus problemas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim... como isto tem estado, estar bem é um enorme alívio!

      Obrigado e um abraço!

      Excluir
  5. Ainda bem que te sentes melhor, só isso já merece a visita ao blog!

    Abraço

    ResponderExcluir
  6. Parabéns!! Foi um tempo excelente!!!
    Eu também experimentei a Ooho. A água tem um sabor estranho, mas é falta de habito. Eu fui a mastigar a alga, como não levei gel, fiquei com a esperança de que a alga tivesse muita energia!!
    **

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E deu energia? :)

      Beijinhos e gostei de te ver, apesar de muito breve

      Excluir
  7. Uma pessoa nunca sabe bem o que vai encontrar quando vem aqui ler um novo post teu!

    Ainda bem que os problemas deram tréguas, e este foi um post feliz, reflexo de uma prova ainda mais feliz! Parabéns pelo teu excelente tempo! É a prova de que a boa forma está aí, só fica meio disfarçada de quando em vez.

    Fiz essa prova em 2016 e gostei muito! É diferente de tudo o que fazemos habitualmente :)

    E estava curiosa com a tua opinião sobre o Ooho! Sei que as opiniões não são consensuais, mas é como dizes é preciso procurar alternativas. Umas serão melhores, outras piores. Mas pode ser que, com o tempo, se chega auma solução!

    Agora boa recuperação e vemo-nos nas Fogueiras?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Inês!
      Sem dúvida que a forma está cá, é é condicionada por estes problemas. Aliás, como viste ao vivo e a cores em Aveiro.
      Sim sim, vemo-nos nas Fogueiras :)
      Beijinhos e bons treinos até lá

      Excluir